MADEIRA Meteorologia

Ucrânia investiga “sistema de tortura em grande escala” em prisões do país

Data de publicação
29 Maio 2024
10:45

Investigadores ucranianos detetaram um “sistema de tortura em grande escala” em algumas cadeias da Ucrânia, incluindo Poltava (centro), onde foi aberto um processo por espancamento e outros abusos contra os reclusos, anunciaram hoje as autoridades.

“O Serviço Nacional de Investigação descobriu casos de tortura de presos em várias regiões da Ucrânia”, declarou o organismo responsável pelos casos prioritários num comunicado citado pela agência espanhola EFE.

Segundo a investigação em Poltava, quatro agentes penitenciários agrediram quase todos os reclusos que entraram na prisão onde trabalhavam para os obrigar a obedecer a todas as suas ordens sem questionar.

Além de lhes baterem, por vezes com paus, os suspeitos obrigavam-nos a limpar o chão e filmavam-nos em vídeo.

Os investigadores, em que se inclui o Ministério Público, têm à sua guarda algumas das filmagens.

Os agentes em causa são acusados de tortura e podem ser condenados a uma pena de prisão até 10 anos.

O Ministério Público está a investigar se estas torturas sistemáticas foram acompanhadas de práticas de extorsão que teriam resultado no enriquecimento de alguns dos envolvidos, incluindo outros funcionários da prisão de Poltava.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas