MADEIRA Meteorologia

Primeiro-ministro polaco denuncia ameaças de morte

Data de publicação
16 Maio 2024
22:24

O primeiro-ministro da Polónia, Donald Tusk, denunciou hoje uma série de ameaças de morte, depois de o seu homólogo eslovaco, Robert Fico, ter sido atingido a tiro e hospitalizado na quarta-feira.

“Ontem houve muito disso. Visão da Polónia”, afirmou Tusk numa breve publicação nas suas redes sociais onde partilhou a imagem de uma mensagem que disse ter recebido na quarta-feira e que diz: “Hoje os eslovacos deram-nos um exemplo do que deveria ser feito com Donald Tusk”.

Na publicação partilhada pelo líder polaco, sugere-se que, caso se oponha à construção de um grande aeroporto no centro da Polónia, teria de ser feito a Tusk o mesmo que a Fico, segundo a agência Europa Press.

O primeiro-ministro eslovaco ficou ferido com gravidade após ter sido atingido a tiro quando saía de uma reunião do governo na localidade de Handlova.

O governo da Eslováquia disse hoje que o homem que disparou contra o primeiro-ministro era “um lobo solitário” e não fazia parte de qualquer grupo.

O homem foi detido pela polícia no local do ataque e as autoridades consideram que o ocorrido poderá ter motivação política.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas