MADEIRA Meteorologia

Candidato da UNITA Adalberto Costa Júnior apela ao voto e critica processo

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
24 Agosto 2022
10:09

O líder da UNITA apelou ao voto dos angolanos nas eleições gerais desta quarta-feira, mas criticou os procedimentos eleitorais, dando o exemplo da sua mesa de voto em que os cadernos de eleitores não foram distribuídos aos fiscais.

A votar no bairro 28 de Agosto, em Luanda, um bairro de casas antigas e chão de terra, Adalberto Costa Júnior disse esperar que "os votos sejam todos contados" nas eleições em que a União Nacional para a Independência de Angola (UNITA), o principal partido da oposição, tenta destronar o Movimento Popular de Libertação de Angola (MPLA, no poder).

"Fiz a minha actualização" do registo eleitoral e "percebi que fui deslocado para outro local", mas "fiquei satisfeito e votei no meio do meu povo e constatei que a votação está a ser feita sem cadernos eleitorais aos fiscais, apenas um caderno eleitoral na mesa", afirmou aos jornalistas Adalberto Costa Júnior, instantes depois de votar na Escola Estrela da Manhã, na zona do Kilamba.

"Ainda assim eu faço um apelo a todos os angolanos: vamos todos ao voto. Hoje é um dia histórico, é um dia em que eu espero que todos votem em ambiente de absoluta tranquilidade e no respeito das leis", afirmou Costa Júnior.

O candidato da UNITA disse esperar que seja possível "cumprir com a festa que são as eleições" e que "os votos sejam todos, mas todos respeitados".

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vence o Campeonato Europeu de Futebol?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas