MADEIRA Meteorologia

Alemanha vai enviar 4.000 militares para a Lituânia

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
26 Junho 2023
15:03

A Alemanha vai colocar 4.000 militares na Lituânia para assegurar a segurança daquela porção do território da Aliança Atlântica que faz fronteira com o território da Rússia, anunciou hoje o ministro da Defesa alemão.

"A Alemanha está pronta para fixar um contingente robusto", anunciou Boris Pistorius durante uma visita a Vílnius, capital da Lituânia, que vai acolher a cimeira da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) no início de julho.

O envio de 4.000 militares para este país, que faz fronteira com Kaliningrado, um território russo na fronteira entre Lituânia e Polónia, tem como propósito robustecer a presença da NATO no flanco oriental da Aliança Atlântica.

A Alemanha já tem um contingente com cerca de 1.000 militares preparado para defender a Lituânia. A decisão anunciada hoje surgiu em resposta a um apelo de Vílnius, que receia um futuro ataque a partir daquele enclave russo.

A decisão não tem efeitos imediatos, explicou o governante alemão, uma vez que ainda é necessário construir as infraestruturas para acomodar os soldados.

Pistorius fez um paralelismo entre a Lituânia hoje e Berlim durante o período da Guerra Fria. O país no flanco oriental da aliança político-militar, assim como outros na mesma região, são na opinião do ministro da Defesa alemão a "Cortina de Ferro" atual.

"[No passado] contámos sempre com os parceiros da NATO", completou.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas