Produção de cerveja cai 7,2% em 2020

Lusa

A produção de cerveja em Portugal registou uma queda de 7,2% no ano passado, face a 2019, resultante da pandemia de covid-19 e as restrições impostas, de acordo com um estudo da Nova SBE.

"Comparativamente a 2019, o setor apresentou uma queda de 7,2% no valor de volume de cerveja produzida relativamente ao período homólogo", segundo o estudo "Impactos Macroeconómicos do setor cervejeiro" em Portugal de João Bernardo Duarte e Pedro Brinca, a pedido e em colaboração com a associação Cervejeiros de Portugal.

"Esta queda teve como principal responsável a crise pandémica provocada pela covid-19 e as medidas de controlo da pandemia, como o fecho de todos os estabelecimentos do canal HoReCa [Hotéis, Restaurantes e Cafés]", acrescenta.

O consumo interno de cerveja no mercado português recuou 14,4% no ano passado.

O estudo, refere João Duarte, um dos autores, "retrata a evolução da última década" do setor, mas concentra-se em 2019 e em 2020, sendo este último um ano em que o setor "foi fortemente afetado", nomeadamente com os impactos da pandemia no alojamento e na restauração.

O valor criado pelo setor cervejeiro vai muito além da produção e reflete-se na educação e no desporto.

"Patrocínios, bolsas de apoio e patronagem representaram cerca de 26,6 milhões de euros em 2019" e "apesar da crise pandémica da covid-19, esta contribuição não parou, continuando a ser desenvolvidas várias iniciativas que representaram cerca de 24,5 milhões de euros em 2020", de acordo com dados do estudo.

Em termos de exportações, o setor tem uma participação menor no setor das bebidas, com um peso de 9,9%.

"No entanto, importa notar que o peso das importações de insumos é ainda menor que o das exportações, ficando em 9,1%, o que reflete a forte ligação da indústria cervejeira à economia nacional através de compras de insumos e bens intermédios", é referido.

Na última década 2019 foi o "marco histórico da indústria", quando registou o "maior volume de produção desde 2014, atingindo os 710 milhões de litros e o maior volume de consumo doméstico desde 2010, com um pico de 550 milhões de litros de cerveja.

De acordo com a Cervejeiros de Portugal, a cerveja é a quinta bebida mais consumida no mundo a seguir ao chá, água engarrafada, leite e refrigerantes gaseificados, sendo a mais consumida entre as bebidas alcoólicas e também uma das mais antigas.