MADEIRA Meteorologia

Villas-Boas critica gestão da anterior direção FC Porto face às sanções da UEFA

Data de publicação
18 Maio 2024
12:36

O novo presidente do FC Porto, André Villas-Boas, criticou hoje a gestão da anterior direção, de Pinto da Costa, perante o risco de ausência das competições europeias de futebol, por incumprimento do ‘fair play’ financeiro da UEFA.

“A sanção confirmada advém de atos de gestão imprudentes e inoperantes, que são da inteira responsabilidade dos membros da anterior direção do clube e da sua sociedade desportiva e resultaram no incumprimento das regras de ‘fair play’ financeiro da UEFA, nomeadamente incumprimentos nos controlos de pagamentos relativos a funcionários, autoridade tributária/segurança social e clubes de futebol”, reiterou a recém-empossada direção do ex-treinador ‘azul e branco’, em comunicado publicado nos meios do clube.

Na sexta-feira, a UEFA tinha anunciado que o FC Porto foi punido com uma multa de 1,5 milhões de euros e a exclusão das competições continentais por uma época, sendo que essa pena fica suspensa por um período probatório de dois anos e apenas será aplicada caso o clube não cumpra os requisitos de solvência nas temporadas 2024/25 e 2025/26.

“Cumpre salientar que esta sanção aplicada se revelou especialmente gravosa, devido à reincidência no incumprimento destas regras, bem como à comunicação de informação incorreta e incompleta à UEFA no âmbito do procedimento”, prosseguiram os ‘dragões’.

A nova direção avisa que a punição “já havia sido formalmente notificada ao clube em 19 de abril”, oito dias antes das eleições mais concorridas da história do FC Porto, nas quais André Villas-Boas bateu Pinto da Costa, presidente há 42 anos e 15 mandatos seguidos.

“Não obstante estas dificuldades existentes, a nova direção eleita tudo vai fazer para que todas as regras e regulamentos a que o clube está sujeito, incluindo aquelas que dizem respeito ao ‘fair play’ da UEFA, sejam sempre rigorosamente cumpridas”, reconheceram.

A tomada da posse dos novos órgãos sociais do clube ocorreu há quase duas semanas, mas a transição de poderes na SAD só será consumada em 28 de maio, dois dias depois da decisão da Taça de Portugal, na qual o FC Porto, vencedor nas últimas duas épocas, medirá forças com o recém-campeão nacional Sporting, no Estádio Nacional, em Oeiras.

O encontro com os ‘leões’ vai finalizar a época dos ‘dragões’ e assinalará a despedida de Pinto da Costa da presidência da SAD, cargo que ocupa desde 1997, ano da constituição daquela sociedade, que é responsável pela gestão do futebol profissional ‘azul e branco’.

“A direção vai investigar, interna e externamente, as razões pelas quais o clube incorreu nesta sanção e apurará as devidas responsabilidades das pessoas envolvidas, tanto nos incumprimentos reiterados como na omissão dos factos”, avisou a gestão de Villas-Boas.

O FC Porto segue na terceira posição da I Liga, com 69 pontos, e pode hoje assegurar a entrada direta na fase de grupos da edição 2024/25 da Liga Europa, caso não perca na visita ao Sporting de Braga, quarto, com 68, da 34.ª e última jornada, que está aprazada para as 20:30, no Estádio Municipal de Braga, e vai encerrar a edição 2023/24 da prova.

Além dos ‘dragões’, a UEFA sancionou os ‘arsenalistas’ com 40.000 euros e o Vitória de Guimarães com 200.000 euros e exclusão das provas europeias, que fica suspensa em regime probatório por uma temporada, face a infrações no ‘fair play’ financeiro da UEFA.

FC Porto, Vitória de Guimarães e Sporting de Braga foram três dos 11 clubes castigados pelo regulador do futebol continental que não recorreram dessas decisões disciplinares, resultantes de três fases de avaliação, em julho e outubro de 2023 e em janeiro de 2024.

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora regional do Bloco de Esquerda
19/06/2024 08:00

O PSD-M anda a convocar as forças terrenas e celestes - aparentemente, neste jardim plantado no Atlântico, até Deus está cansado da democracia (só pode...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas