MADEIRA Meteorologia

Taça de Portugal: Schmidt deixa elogios a uma equipa do Sporting “muito completa”

Data de publicação
28 Fevereiro 2024
17:16

O treinador do Benfica, Roger Schmidt, considerou hoje o Sporting “uma equipa muito completa”, deixando elogios ao plantel e a Rúben Amorim, na véspera da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal de futebol.

“O Sporting é uma equipa muito completa. Tem muita qualidade individual e, para o seu sistema, tem grandes jogadores para cada posição. A formação e o estilo de jogo adequam-se ao plantel. Tem um muito bom treinador, estão numa boa forma física e apresentam uma clara abordagem para tudo em campo. Tem jogado muito bem, são muito fiáveis e perigosos no ataque. Quando as boas equipas estão consistentemente a vencer, têm sempre algo especial e por isso é que o Sporting está muito bem”, frisou.

Em conferência de imprensa de antevisão ao duelo da ‘prova-rainha’, o técnico alemão afirmou estar à espera de “um grande jogo” entre duas equipas que “têm mostrado a sua qualidade esta época”, com a turma da Luz a procurar “obter um bom resultado”.

“Ainda há muitos jogos, é uma época longa. As duas equipas já conseguiram bastantes pontos e isso mostra que são capazes de ser fiáveis em jogos difíceis. Todos as partidas são um grande desafio. Para mim, não é decisivo”, assumiu ainda o técnico germânico, acerca de um exigente ciclo consecutivo de jogos frente a Sporting, FC Porto e Rangers.

Nas últimas semanas, Roger Schmidt tem variado o ‘onze’ titular do Benfica, sobretudo nas zonas intermédia e atacante do terreno, o que lhe oferece diferentes abordagens e opções para cada partida, com o objetivo também de causar imprevisibilidade ao rival.

“Tentámos dar descanso a alguns jogadores nas últimas semanas, pois já sabíamos que estes jogos iriam surgir. Estamos felizes por termos quase todo o plantel apto, apenas o Juan Bernat está de fora. Fisicamente estamos muito bem e estamos focados a 100% neste jogo. Não pensamos nos jogos seguintes. Não tenho receio do calendário, pois acredito na nossa forma física e no profissionalismo para recuperar a cada jogo”, disse.

Em dia de 120.º aniversário da fundação do Benfica, Roger Schmidt expressou que este “é um clube muito especial, cheio de tradição e de sucesso no passado e no presente”, para além de ser “um dos maiores clubes europeus, pela tradição, estatuto e adeptos”.

“Para ficar na história do Benfica, temos de vencer troféus. Já vencemos dois [I Liga e Supertaça] e, esta época, queremos mais. Quando aqui cheguei, o Benfica estava num momento difícil e não ganhava títulos há três anos. A situação hoje é completamente diferente. Construímos um plantel novo, só Otamendi, João Mário e Rafa se mantêm, com muitos jogadores da formação no plantel. Esta última época e meia foi muito boa para o Benfica e penso que o clube está num grande momento”, analisou o treinador.

O Benfica visita o rival Sporting na quinta-feira, às 20:45, em dérbi lisboeta da primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, que se vai disputar no Estádio José Alvalade, em Lisboa, com a arbitragem de Fábio Veríssimo, da associação de Leiria.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas