MADEIRA Meteorologia

Rúben Amorim assume que viagem “foi um erro” e pede desculpa

Data de publicação
27 Abril 2024
16:16

O treinador do Sporting, Rúben Amorim, assumiu hoje que a viagem que fez a Inglaterra “foi um erro” e pediu desculpa publicamente por tê-lo feito na semana antes de um jogo importante da I Liga de futebol.

“Obviamente que foi um erro. Foi um erro a minha viagem, o ‘timing’ foi completamente desajustado, ainda para mais quando eu sou tão exigente com os meus jogadores, sou sempre o primeiro a dizer que os problemas individuais não se podem sobrepor à equipa”, admitiu o técnico, em conferência de imprensa, em Alcochete.

Decidido a “tirar o elefante da sala” logo no início do encontro com a imprensa, Rúben Amorim frisou, no entanto, que “o clube tinha conhecimento da viagem” e recusou que o tenha feito “nas costas”.

O técnico reconheceu também que “por muito menos” já retirou “jogadores do plantel do Sporting” no passado e negou que não tenha dado explicações ao grupo de trabalho após a viagem que fez no dia de folga, sobre a qual nunca confirmou o destino ou o clube com o qual se terá encontrado.

“Dei explicações aos jogadores, dei explicações ao staff, porque acho que deveria fazê-lo. Obviamente que uso a parte pública para pedir desculpa aos sportinguistas, ao staff e, principalmente, pedir desculpa publicamente aos meus jogadores pelo erro que cometi”, afirmou.

Depois, questionado porque admitiu ter-se tratado de um erro se estava autorizado pelo clube a fazê-lo, não quis “entrar em mais pormenores”, mas insistiu que o clube tem objetivos importantes para alcançar.

“É um erro porque estamos perto de ganhar o campeonato, mas ainda não está nada feito, e é o líder da equipa a provocar este ruído. Não se fala do jogo, logo aí é um erro. Tenha razão ou não tenha. Esteja autorizado ou não”, vincou.

Sobre o futuro, recusou a existência de “um plano A ou plano B” e voltou a insistir que a única condicionante é ganhar títulos pelo Sporting.

“Em relação ao futuro, volto a dizer: eu estou mais perdido do que vocês [comunicação social]. Eu não sei o que fazer, a única coisa que sei é que se não ganharmos títulos vou-me embora. E o único objetivo a partir de agora é ser campeão e depois logo se vê”, desvalorizou.

Rúben Amorim falou sobre o seu futuro na antevisão do encontro com o FC Porto, da 31.ª jornada da I Liga de futebol, que pode valer o título de campeão nacional ao Sporting se o Benfica perder hoje em casa, com o Sporting de Braga, e os ‘leões’ vencerem, no domingo, no Estádio do Dragão.

Na segunda-feira, o treinador foi fotografado a embarcar num jato provado, no aeródromo de Tires, presumivelmente com destino a Inglaterra, país onde, nesse dia, surgiram notícias de uma proposta do West Ham, que o técnico não confirmou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas