MADEIRA Meteorologia

Euro2024: Martínez vive bem com as críticas e volta a garantir Portugal “preparado”

Data de publicação
04 Julho 2024
20:34

O selecionador Roberto Martínez afirmou hoje que vive bem com as críticas que tem recebido no Euro2024 de futebol e voltou a garantir Portugal “apto e preparado” para o duelo com a França, nos quartos de final.

“As críticas fazem parte do meu trabalho. Tenho informação e critério. Há muitos dados que precisamos para tomar decisões. Mas, faz parte. As críticas mostram a paixão que há pela seleção e aceito isso Tive um apuramento com 10 vitórias e tive críticas. O foco para mim não é ouvir os comentários, mas é fazer com que o desempenho seja o melhor possível”, afirmou Roberto Martínez.

O selecionador nacional falava aos jornalistas em Hamburgo, na Alemanha, na conferência de imprensa de antecipação do embate entre Portugal e França, marcado para sexta-feira, em Hamburgo.

Portugal está entre as oitos melhores seleções da Europa, mas as exibições têm levantado criticas entre comunicação social e adeptos, sobretudo após a derrota com a Geórgia (2-0), no fecho da fase de grupos, e do nulo com a Eslovénia, nos oitavos de final, com a equipa das ‘quinas’ a garantir apenas o apuramento nas grandes penalidades (3-0).

“O período de jogo durante a Eslovénia não terá importância amanhã [na sexta-feira]. Tivemos quatro jogos com os 23 jogadores de campo. A França jogou com 18 jogadores de campo. Estão todos aptos e preparados. Agora, como equipa, precisamos de um desempenho completo. Precisamos de evitar os ataques rápidos e defender bem a nossa área”, referiu o técnico espanhol.

Martínez lembrou que a seleção francesa não é apenas Mbappé e rejeitou que o encontro dos ‘quartos’ seja apenas um confronto entre o capitão gaulês e Cristiano Ronaldo.

“O futebol é um desporto de equipa. Não vai ser um jogo entre dois jogadores. São incríveis. Têm uma influência no desporto mundial. Mas, amanhã (sexta-feira) é um jogo de equipa e nós precisamos de estar no nosso melhor nível para ganhar. Temos de ter um desempenho muito alto”, considerou.

Para o selecionador luso, o “sofrimento faz parte da vida e do futebol” e o mais importante no jogo dos ‘quartos’ é Portugal “ser a equipa a estar feliz” no final da partida.

“Gosto de jogar bem, bonito e com muitos golos. Mas, a perfeição não existe. Lutamos sim para mostrar o máximo nível. Quando jogamos bonito, jogamos melhor e, quando assim é, temos mais opções para ganhar”, concluiu.

O Portugal-França, dos quartos de final do Euro2024, está agendado para sexta-feira, com início marcado para as 21:00 locais (20:00 em Lisboa), no Volksparkstadion, e terá arbitragem do inglês Michael Oliver.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas