O Complexo de Sócrates

O complexo de Sócrates está em linha com o complexo de Messias que é um estado psicológico em que o indivíduo acredita ser um salvador numa qualquer área. Apesar de não ser especialista na área da psicologia, penso que os psicólogos podem encontrar algo de patológico neste “novo” complexo.

Neste mês da liberdade, houve a instrução do processo do antigo primeiro-ministro e aqui ficou demonstrado que o Ministério Público fez um trabalho um tanto ou quanto fraco na acusação, pois tem pouco factos, pois o enriquecimento ilícito não é crime, ainda, e eles não apresentaram provas factuais de como é que o Sócrates foi alegadamente subornado ou algo semelhante. Já o nosso conterrâneo Juiz Ivo Rosa simplesmente limitou-se a fazer o seu papel e deixo para os entendidos se bem ou mal.

Quanto ao Sócrates ser culpado, ele é culpado de muita coisa, primeiro de uma lei das finanças regionais extremamente prejudicial para os madeirenses, mas que teve ajuda de uns Audax, Ditalco e Minuros (os traidores de Viriato). Em segundo lugar levou o país à ruína, obrigou-nos a tantos sacrifícios, inclusive a perda de soberania por uma Troika, algo só visto aquando da época filipina. Já em terceiro, como muitas vezes diziam cá no burgo, a culpa era do Povo que votava nele. Ora essa…

Se Sócrates é culpado de alguma coisa, alegadamente pode ser. Se Sócrates vendia cabritos e não tinha cabras, mas será que ele terá que explicar de onde vêm os cabritos? Ele já explicou, mas a justificação parece fraca, no entanto ninguém arranjou melhor justificação para a chegada desses cabritos.

Já o Complexo de Sócrates, que assim designei, é um estado psicológico no qual o indivíduo acredita em tudo o que diz, vive numa realidade alternativa e ao mesmo tempo assume em conjugação com o complexo de Messias como o salvador do país e do Partido Socialista. Ah… E ainda pode viver com alucinações que, se for apoiado pela família, pode acreditar em antepassados podres de ricos, tipo reis e rainhas.

Ah… Já agora adorei a parte em que o Juiz Ivo Rosa diz algo como: “não seria obrigado a declarar o dinheiro [alegadamente] obtido ilicitamente na declaração de IRS.”

Em mês do 25 de Abril, só podemos desejar um 25 de Abril na Justiça em todos os aspetos, isto é, mais meios para o MP, para as investigações, para os juízes e assim todos possam desempenhar um melhor papel na Justiça.

Amigos, tenham cuidado, mantenham a vossa saúde mental para não sofrerem do Complexo de Sócrates!