Governo Regional distinguiu cinco jovens empresários

David Spranger

Rita Andrade, com a presença de Vânia Jesus, promoveu na manhã desta sexta-feira uma sessão pública de reconhecimento a cinco jovens empresários, empreendedores, que concretizaram projetos através das ferramentas disponibilizada pelo Instituto de Emprego.

Na ocasião, a secretária regional da Inclusão Social e Cidadania lembrou que “hoje assinala-se o Dia Internacional da Juventude, uma data que começou a ser celebrada a partir de 1999 pela ONU, sendo que todos os anos fazemos questão de fazer, nem que seja de forma simbólica, um reconhecimento aos nossos jovens, pela importância que representam na nossa sociedade. Vão ser o nosso futuro e queremos assegurar, em termos de Governo regional, que realmente lhes damos o melhor apoio, o melhor acompanhamento e as melhores ferramentas para que possam alavancar a sua vida futura e, neste caso, em termos profissionais”.

Assim, exaltou, “o Instituto de Emprego, numa das suas medidas, tem o apoio ao empreendedorismo, de apoio à criação de empresas, e hoje o que aqui assinalamos e homenageamos é um conjunto de jovens que mais recentemente apresentaram o seu projeto de empreendedorismo. São empresários e a média de idades destas cinco empresas homenageadas no âmbito do prémio ‘jovem empreendedor 2022’ é de 26 anos, nas mais variadas áreas de informação, desde a publicidade, marketing, consultadoria e restauração, ou seja, temos dois projetos na área dos serviços, dois na área do comércio e um na restauração”.

Para Rita Andrade, “esta cerimónia, no fundo, representa um conjunto de empresas com projetos apresentados e já a funcionar. É o reconhecer a o agradecer a todos eles, que fazem já do nosso tecido empresarial e cria uma posição firme e de visibilidade daquilo que o Governo Regional faz junto dos jovens”.

Na oportunidade, Rita Andrade revelou também que “foi agora aprovada uma nova medida, ‘És Jovens’, que vem majorar ainda mais os apoios e transmitir essa mensagem que contamos com eles”, direcionada especificamente aos mais jovens e consignadas a obrigatoriedade de horas de formação, “para que vão mais bem preparadas para o mercado de trabalho”, enaltecendo esta dinâmica de ir ao encontro de todas as necessidades.

“Eles sabem o que fazer, têm os seus planos de negócio, e depois de analisados, o Instituto apoia. Estão já no terreno” e naturalmente isso é motivo de satisfação, com Rita Andrade a garantir acompanhamento contínuo no desenvolvimento destes projetos.

Recorde-se que na passada quarta-feira, Rita Andrade havia assinado mais 11 projetos no âmbito deste programa de Criação de Empresas e Emprego (CRIEE), elevando para 39 o acumulado desde ano, num investimento já de 682 mil euros, que criaram 65 postos de trabalho.

Em 2021 haviam sido celebrados 45 contratos, criando 82 postos de trabalho, num investimento na ordem dos 850 mil euros.

De resto, nessa oportunidade, Rita Andrade lembrou que desde 2015, quando Miguel Albuquerque chegou à Quinta Vigia. foram já investidos 7,86 milhões de euros neste tipo de programas, aprovando 456 projetos e criando 790 postos de trabalho. Indicadores que, de resto, foram reiterados esta manhã pela secretária regional, ressalvando que no todo dos projetos, a maioria não é jovem. E daí essa criação de um programa complementar, tentando contagiar mais jovens para que “saiam da sua zona de conforto e agarrem esta oportunidade”.

Os cinco jovens empreendedores hoje homenageados simbolizam, no fundo, todo este investimento e criatividade. Foram distinguidos esta manhã Jorge Miguel Rodrigues [foto] e Dawid Agrela (restaurante Terra Food Concept), Ana Melissa Cabral (consultadoria de marketing), Eduardo Nunes da Silva (Design e programação), Ana Carlota Gomes e Telmo Spínola (Comércio de vestuário) e Ricardo Jorge Mendonça (Comércio de Hortícolas)