Estacionamento e trânsito congestionado também na Achada do Teixeira (Pico Ruivo)

Paulo Graça

Na sequência do trânsito caótico na zona do Pico do Areeiro, onde a Polícia até foi chamada, a situação em outro ponto turístico encontra-se extremamente condicionado, conforme algumas testemunhas oculares fizeram chegar ao JM.

Durante a manhã hoje foi quase impossível arranjar espaço para estacionar na Achada do Teixeira, em Santana, onde se inicia um dos percursos pedestres mais procurados na Ilha. Muitos caminhantes aproveitaram esta sexta-feira para fazer o PR1.2, de mais ou menos 2,8 quilómetros, e que permite chegar ao cume mais alto da Madeira.

Ao JM chegaram relatos que foi impossível estacionar, pois já não existiam espaços para o efeito. A maioria dos espaços foram ocupados por viaturas particulares de aluguer. Os operadores turísticos tiveram, no dia de hoje, muita dificuldade em arranjar espaço para estacionar.

Muitos turistas votaram para trás, outros optaram por fazer o estacionamento na estrada, acabando por dificultar a passagem de outros automóveis. Apesar de não ter chegado ao ponto da confusão no trânsito no Pico do Areeiro, a manhã na zona das Queimadas e Achada do Teixeira também foi complicada para quem quis ver as belezas da Ilha da Madeira.