MADEIRA Meteorologia

"O aproveitamento político e a demagogia não resolvem a pandemia", afirma Roberto Silva

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
06 Janeiro 2021
11:04

"Ao contrário daqueles que apenas criticam e que se revelam incapazes de reconhecer o excelente trabalho que foi assumido, desde a primeira hora, pelo Governo Regional, no que respeita ao combate e contenção da pandemia covid-19, temos aqui o exemplo de mais uma boa solução encontrada para garantir o controlo epidemiológico na Ilha do Porto Santo", começa por afirmar o presidente da Comissão Política do PSD local, Roberto Silva, em alusão às medidas de testagem que entram nesta quarta-feira em vigor nas deslocações àquela Ilha.

Medidas que, no entender do Social-democrata, representam "um importante contributo para reforçar a saúde pública e a segurança da população Porto-Santense", através da implementação de um modelo de despistagem do vírus que incide sobre a única forma de entrada na ilha, neste momento e, neste caso, por via aérea, estando a ligação marítima suspensa.

"Estamos em crer que esta é uma garantia para que a propagação da doença possa ser mais facilmente travada na nossa Ilha e que, a par das restantes soluções encontradas e já em vigor - que ditaram o encerramento das escolas e de outros espaços e, bem assim, o reforço de outras ações de proteção individual e coletiva em curso - o Porto Santo virá a ser, novamente, exemplo neste combate", frisou Roberto Silva, apelando a que toda a população continue a respeitar e a assumir a sua quota de responsabilidade nesta luta contra a Covid-19.

Roberto Silva que faz questão de se congratular com as medidas de controlo sanitário que têm vindo a ser implementadas e reforçadas no Porto Santo mas, também, com o apoio social e com as ajudas que têm vindo a ser disponibilizadas, a vários níveis, às famílias porto-Santenses que perderam rendimento devido à pandemia, nomeadamente através do Fundo de Emergência para Apoio Social (FEAS) e do Fundo de Apoio Regional às Organizações Locais (FAROL), criados pelo Governo Regional, Fundos esses que, destinados a toda a Região, tinham apoiado, até novembro passado, mais de 400 Porto-Santenses. Isto a par da linha de crédito Invest RAM 2020, destinada a ajudar as empresas a manterem os seus postos de trabalho, através da qual foram disponibilizadas ajudas ao tecido empresarial do Porto Santo em cerca de 1 milhão de euros.

"Existe aqui um trabalho de fundo que, simultaneamente, atende à proteção da saúde pública, ao apoio a quem mais precisa e à necessária ajuda e retoma económica que não pode ser posto em causa, especialmente por aqueles que, numa primeira fase, estiveram sempre contra toda as medidas anunciadas pelo Governo Regional", reforça o presidente da Concelhia do PSD Porto Santo, deixando claro que "não é pela via do aproveitamento político, da demagogia ou da mentira que a oposição resolve a pandemia".

"Os porto-santenses sabem que, de um lado, existe o PSD que trabalha, que luta e que encontra as melhores soluções e, do outro, uma oposição vazia de ideias, que vive da propaganda e que se revela totalmente incapaz de apresentar qualquer contributo que abone a favor da população", vincou Roberto Silva, garantindo que, mais uma vez e tal como ao longo dos últimos anos, será o PSD que irá garantir que esta crise venha a ser ultrapassada e que a normalidade venha a ser reposta, tão cedo quanto possível.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas