MADEIRA Meteorologia

Chega apresenta voto de protesto contra a violência na África do Sul

Data de publicação
10 Julho 2024
9:40

O grupo parlamentar do Chega submeteu um voto de protesto à Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira (ALRAM) contra a escalada de violência na África do Sul, manifestando profunda preocupação e solidariedade com as vítimas desta crise.

“A crescente onda de violência que assola a África do Sul tem gerado um clima de insegurança e medo, afetando gravemente a vida das populações locais”, refere o líder do grupo parlamentar do Chega, Miguel Castro, através de um comunicado enviado à redação.

Miguel Castro expressa ainda a sua indignação perante a “deterioração da ordem pública e os constantes ataques que têm resultado em numerosas vítimas e na destruição de propriedades”.

O Chega reafirma a importância do respeito pelos direitos humanos e da preservação da paz e da segurança, princípios fundamentais que devem ser garantidos para todas as pessoas, independentemente da sua origem ou condição social. “A violência incontrolável tem prejudicado a convivência pacífica e o desenvolvimento socioeconómico, exacerbando as desigualdades e colocando em risco o futuro de milhões de sul-africanos”, refere.

“Pretendemos sensibilizar as autoridades competentes e a comunidade internacional para a necessidade urgente de intervenção eficaz e concertada que ponha fim a esta violência e promova a estabilidade e o respeito pelos direitos fundamentais na África do Sul. É urgente uma maior cooperação entre os governos e as organizações internacionais para implementar soluções duradouras que garantam a segurança e o bem-estar das populações afetadas”, remata.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vence o Campeonato Europeu de Futebol?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas