‘Retratos Contados de Ruy de Carvalho’ chega à Região em janeiro de 2023

A exposição ‘Retratos Contados de Ruy de Carvalho’ chegará à Região na primeira quinzena de janeiro de 2023, devendo o momento da inauguração contar com a presença do conceituado ator português, que está quase a atingir os 80 anos de carreira. A mostra deverá estar patente até ao final de fevereiro do próximo ano.

A informação foi avançada, esta manhã, por Nélson Mateus, promotor do projeto, no decorrer da apresentação da mostra que teve como palco a Torre do Capitão - Núcleo Histórico e Museológico de Santo Amaro, num momento em que esteve também presente Eduardo Jesus, secretário regional de Turismo e Cultura.

Nélson Mateus, o qual confessa ter uma relação próxima a Ruy de Carvalho, releva o facto de esta ser uma exposição multigeracional que percorre a vida do artista, e que, curiosamente, tem também a Madeira como palco, até por insistência do próprio, tal como referiu Nélson Mateus.

“Ruy de Carvalho foi casado com uma madeirense durante muitos anos e a Rute quando morreu, as suas cinzas ficaram na casa do Ruy para serem depositadas na Madeira, mas só serão depositadas no dia em que o Ruy morrer. Porque ele também quer ser cremado e as cinzas vão ser depositadas aqui na Madeira”, explicou.

Esta mostra contemplará, entre outras, fotos de Ruy de Carvalho ligadas à Madeira

Ainda no âmbito desta iniciativa serão promovidas tertúlias multigeracional em torno da vida e obra de Ruy de Carvalho, conduzida pelo próprio.

A vontade tanto do produtor como do ator é que a mostra seja itinerante, fazendo o percurso por todos os concelhos da Região.

Por seu turno, Eduardo Jesus, secretário regional de Turismo e Cultura, o qual começou por regozijar-se pelo facto de a Madeira receber esta mostra, que traz “sobretudo uma lição de vida”, homenageando o artista em vida.