MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Psiquiatra

7/09/2022 07:40

A mesma força que conduz a população a se comportar de determinada forma, cria emoções negativas e verdadeiro mal-estar, que conduzem as pessoas para maus caminhos. Isto acontece porque temos inerente ao nosso ser a necessidade de liberdade. A liberdade do indivíduo. Quando a liberdade de responder aos impulsos primários é travada pelas regras da boa etiqueta e outros costumes sociais, ou pela superioridade hierárquica de outros, surgem emoções como a raiva e a tristeza. Não são as únicas, mas servem para mostrar a dicotomia habitual - lutar contra as normas vs. conformar-se com elas. Assim, qualquer pessoa que tenha um pensamentos e comportamento divergente das normas, acaba por se isolar e ser isolado. Infelizmente a mentalidade cega da manada, da sociedade em geral, não permite mudanças. Porque mudanças perturbam o status quo geral. E a sociedade rejeita a mudança, da mesma forma que o corpo rejeita um órgão que não é seu.

Mas felizmente e infelizmente a mudança é a única constante da vida, para além da morte. Só sabemos que tudo mudará. Quanto tempo demora? Quanto mais conservadora for a sociedade, maior será a demora e mais custos essa demora terá para essa sociedade se integrar no resto do mundo. Esta é uma das principais razões de Portugal estar em tantos campos atrasado em relação a outros países e da Madeira, em relação a Portugal continental, pelo menos na saúde mental. E a sociedade será tão mais conservadora, quanto mais antiga e maior for o diferencial das classes. Porque os ricos e os privilegiados da sociedade têm aversão a serem pessoas "normais". E as pessoas "normais" acreditam inconscientemente que nunca terão direito a ser de forma diferente. A pirâmide social está tão bem implementada no nosso inconsciente, que achamos certo que existam sempre pessoas acima e abaixo de nós. Pessoas a quem damos o direito de decidirem o que está certo e errado por nós e que damos o direito de decidirem que vida é que teremos.

Deste pensamento complexo, surge apenas este exemplo para dar. Se todos, e quando digo todos, é mesmo todos, todos os humanos de todo o mundo, não tivéssemos férias, hipótese de sermos turistas, de passear por outros locais, de podermos adquirir bens não essenciais até que um problema grave da humanidade como o aquecimento global, a fome, a guerra ou qualquer outro estivesse resolvido, quanto tempo demoraríamos a resolvê-lo? Só existem problemas, porque há quem viva confortável com os problemas dos outros e pior, os que beneficiam em criar problemas aos outros. Como é que vender armas, drogas ou pessoas pode dar dinheiro? Como podemos vender substâncias processadas que sabemos que provocam mal, para ganhar dinheiro? Todo o tecido social do mundo está doente e estamos a adoecer o nosso maior bem, o planeta terra.

E sim, pela opressão, tudo se vai manter mais ou menos igual, porque a verdadeira mudança implica deixar de haver privilegiados.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas