MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

17/06/2024 04:00

A Madeira tem de facto algo diferente de todo o território português, quer continental, quer o insular dos Açores. Ora vejamos: o PPD/PSD tem ganho, concorrendo sozinho, todas as eleições, na Madeira, para os nossos órgãos de governo próprio – Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira e Governo Regional. Há 48 anos que assim é, sendo que a única excepção foi em 2023, ano em que o PSD ganhou, mas coligado com o CDS, na sequência do acordo de governação e parlamentar efectuado em 2019.

O mesmo se pode dizer de todas as outras eleições disputadas na Região, quer nacionais, quer europeias e até as presidenciais (salvo as da reeleição de Jorge Sampaio em 2001), inclusive as autárquicas se contabilizarmos nestas os votos de todos os concelhos.

Como é evidente e creio que este raciocínio é fácil de perceber, ou pelo menos assim deveria ser, mas já se viu que não, para nós ganharmos, alguém tem de perder, só que, na Região, todos festejam, todos cantam vitória, nomeadamente os que perdem eleições, normalmente com resultados desastrosos.

A loucura desta gente é tanta que, conforme se viu, após as últimas eleições e, não obstante ter havido uma vitória clara do PSD, aos outros partidos não só cantaram vitória, como um par deles tentou uma “geriponcha” em que, pasmem-se, mas isto é verdade, desses dois partidos (PS e JPP), o que teve menos deputados disse, depois de inviabilizado esse acordo, que durou umas horas, que eram eles que iam liderar essa putativa e deformada governação.

Ou seja, é mais ou menos como dizer que numa qualquer imaginária terra habitada por gigantes, governam os anões.

A verdade é que Miguel Albuquerque ganhou as eleições e tem toda a legitimidade de governar a Madeira. Mas a verdade é também esta: Miguel Albuquerque também ganhou as eleições de Setembro de 2023.

Mas, mais baixo do que festejar derrotas, é anunciar já o voto contra algo que nem sabem o que é. Faz lembrar velha máxima, se há governo sou contra. Que importa para esta gente que a Região esteja sem governo e sem orçamento há vários meses...que importa a esta gente que as empresas e as famílias precisem de estabilidade e que o governo regional faça o seu trabalho diariamente em prol da população e que o orçamento esteja aprovado...

Para eles, para os que andam a perder eleições desde 1976, cantando, contudo, vitória e dizendo ser a solução que ninguém quer (se alguém lhes realmente quisesse no poder já a população ter-lhes-ia feito ganhar eleições, é muito fácil fazer a política que fazem, muito rasteirinha, culpando o PSD por tudo e mais alguma coisa, mas nunca apresentado soluções exequíveis. São só promessas e tudo prometem como se a Madeira fosse alguma Suíça com os cofres cheios de ouro e divisas estrangeiras.

Se calhar, querem novamente eleições para mais uma vez, na derrota, cantarem vitória....

O povo madeirense e porto-santense, o nosso povo, votou no PPD/PSD Madeira e em Miguel Albuquerque e há que respeitar esse facto e, sobretudo, o povo espera e quer que seja o PSD a encontrar entendimentos partidários e parlamentares sérios, de forma a que haja estabilidade e que o governo regional trabalhe em prol de todos, por isso convém que os que, agora, tanto uivam, como se fossem donos da Lua, pensem também muito seriamente nas suas responsabilidades e no que a população realmente quer e que certamente não é andar constantemente em eleições.

Rui Coelho escreve à segunda-feira, de 4 em 4 semanas

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas