Nacional

Portugal despede-se de “um homem cordial e de causas”

Jorge Coelho, ex-dirigente socialista e antigo ministro, morreu ontem, vítima de doença súbita, na Figueira da Foz, quando visitava uma casa na zona turística da cidade.

Conteúdo disponível somente para utilizadores com subscrição online.
Faça a sua assinatura digital!
Tenha acesso na íntegra às notícias da edição impressa do dia, bem como de todo o arquivo disponível no site. Usufrua da visualização página-a-página. Consulte o seu JM na internet com o mesmo conforto do formato papel tradicional.