MADEIRA Meteorologia

Ataques russos em Zaporijia e Kharkiv fazem várias vítimas civis

Data de publicação
28 Dezembro 2023
18:06

Duas pessoas morreram e três ficaram feridas num ataque de artilharia russa contra uma aldeia nas margens do Dnieper, rio que separa os exércitos russo e ucraniano na região de Zaporijia (sul), segundo as autoridades locais.

O governador da aldeia de Bilenke, Iuri Malachko, precisou que todas as vítimas são civis.

As forças russas também realizaram vários ataques na região de Kharkiv, no nordeste da Ucrânia, de acordo com a polícia regional.

Uma mulher sexagenária morreu devido aos ferimentos após um bombardeamento em Vovchansk, muito perto da fronteira com a Rússia, e outras duas mulheres ficaram feridas, segundo a mesma fonte.

Três mulheres com idades entre os 58 e os 76 anos também ficaram feridas num ataque aéreo na vila de Glushkivka, disseram as autoridades.

A Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro de 2022, com o argumento de proteger as minorias separatistas pró-russas no leste e “desnazificar” o país vizinho, independente desde 1991 após a desagregação da antiga União Soviética e que tem vindo desde então a afastar-se do espaço de influência de Moscovo e a aproximar-se da Europa e do Ocidente.

Desde o outono, Moscovo tem aumentado os ataques noturnos contra cidades ucranianas, numa altura em que se levantam dúvidas sobre a continuação do apoio militar ocidental a Kiev.

A guerra na Ucrânia já provocou dezenas de milhares de mortos de ambos os lados, mas não conheceu avanços significativos nos últimos meses, mantendo-se os dois beligerantes irredutíveis nas suas posições territoriais e sem abertura para cedências negociais.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas