MADEIRA Meteorologia

Agricultores italianos oferecem trator ao Papa e levam vaca ao Vaticano

Data de publicação
18 Fevereiro 2024
15:10

Agricultores italianos, que há vários dias protestam contra as políticas europeias para aliviar as alterações climáticas, entregaram hoje um trator ao Papa Francisco e levaram ao Vaticano uma vaca, que se tornou num símbolo das suas mobilizações.

“Saúdo os agricultores presentes na praça”, disse o Papa, no final da oração do Angelus, referindo-se ao grupo de manifestantes na Praça de São Pedro.

Uma delegação do Movimento Agrícola Federado chegou à Praça de São Pedro, após ter recebido autorização do Vaticano para o fazer, com dois dos seus maiores símbolos, um trator e a vaca ‘Ercolina’. Esta já tinha estado no festival de música de Sanremo.

“Com imensa gratidão, agradecemos ao Santo Padre por nos ter acolhido e invocamos o seu apoio e bênção. Oferecemos-lhe um trator, símbolo do nosso esforço”, refere a carta que os agricultores escreveram a Francisco, citada pela agência Efe.

Além do trator, Francisco recebeu também farinha, uma imagem de Cristo encontrada num campo enquanto um agricultor o lavrava, e um sino usado para chamar os animais, todos símbolos do esforço dos agricultores, segundo a imprensa local.

“Estamos profundamente preocupados com o destino da agricultura, o Governo deve dar-nos respostas concretas, não podemos esperar mais. As gerações futuras não podem esperar mais. O homem não é o dono das nossas amadas terras, mas, sim, o seu guardião”, adianta a carta.

Segundo a missiva do Movimento Agrícola Federado, “a terra é fonte de vida, mas os agricultores são, continuamente, atingidos por políticas económicas e agrícolas inadequadas, especulativas e injustas.”

“A nossa voz não irá parar, percorreremos os caminhos do diálogo e da perseverança, com dignidade e convicção para alcançar objetivos concretos”, acrescenta.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas