MADEIRA Meteorologia

Câmara Municipal do Funchal apoia o Aleste com 12 mil euros

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
26 Maio 2022
18:49

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) assinou, hoje, um protocolo com Aleste Associação Cultural, visando uma cooperação logística associada à isenção de licenças de ruído e cedência de espaços, assim como o apoio financeiro no valor de 12 mil euros.

O Festival Aleste realiza-se no sábado, no Complexo Balnear da Barreirinha, entre as 15h00 e a as 00h00.

O Aleste já vai na 8ª edição e é um dos mais jovens eventos a marcar a vida cultural da cidade do Funchal.

Durante a cerimónia, o presidente da autarquia referiu que o Festival Aleste corresponde a uma aposta muito grande que este executivo mantém na cultura e é também um "grande evento", que quer continuar a "dinamizar" e a "incentivar".

Pedro Calado afirmou ser objetivo da autarquia trazer outros musicais para o centro da cidade do Funchal. "Queremos uma cidade atrativa com investimento, com dinâmica, movimentação e sobretudo participativa", defendeu.

O presidente da autarquia lembrou a assinatura do Protocolo de Apoio Financeiro,na área da cultura, deliberado em reunião de câmara a 21 de abril, abrangendo um total de 55 associações, tendo sido reforçando o apoio financeiro, num montante superior a 300 mil euros.

O Festival Aleste nasce sob o signo da música, propondo cartazes musicais alternativos que, ao mesmo tempo que acompanham a atualidade, promovem os mais relevantes artistas portugueses de cada ano. É considerado familiar e atrai um público jovem e alternativo.

O protocolo inclui o apoio ao Festival Aleste na Barreirinha, ao projeto 'Carta Branca' (uma residência artística que normalmente inclui criações, gravações de álbuns e videoclipes tendo o Funchal como pano de fundo) e o Festival Ilhatrónica, em novembro, no Mercado dos Lavradores.

Pedro Calado deixou a garantia que a Associação Aleste pode continuar a contar com o apoio da CMF.

A organização tem procurado, com muito empenho, manter vivo um festival que já é uma marca da cidade do Funchal e que tem sido um sucesso pelo seu carácter diferenciador.

O presidente da autarquia (que esteve com covid-19 e agora regressou ao ativo) espera que a população adira ao evento em condições de segurança, lembrando, que ainda estamos num período de pandemia, mas dentro daquilo que é normal e daquilo que é aceitável.

Fez votos para que sábado se proporcione um dia fantástico de "convívio" e de "confraternização", realçando, que o Complexo Balnear da Barreirinha oferece todas as condições de segurança, limpeza e asseio para todos aqueles que vão ao Festival.

Iolanda Chaves

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas