Atestar o carro já custa 13% do salário mínimo

Em pouco mais de um ano, atestar um depósito com capacidade para 50 litros de gasolina 95 passou a custar mais 28,4 euros, enquanto um tanque de gasóleo com a mesma dimensão encareceu 36 euros. Com a atualização de preços na segunda-feira, um depósito de combustível ‘consumirá’ 13% do salário mínimo na Madeira, que este ano foi fixado nos 723 euros.

Esta é a notícia que faz a manchete de hoje do seu JM; numa Primeira Página que destaca ainda os outros aumentos que colocam madeirenses a fazer contas à vida. Consumidores ou comerciantes, a subida de preços ‘assusta’ todos e obrigou boa parte dos madeirenses a alterar as suas rotinas. Já há queixas formais na Direção de Serviços do Consumidor, que deixa conselhos de poupança.

Espaço ainda nesta edição do seu Jornal para a nova legislatura. Costa assume “sem temores” reforma da Autonomia. Programa de Governo inclui estratégia de aproveitar “os trabalhos em curso” de descentralização política e de “cumprimento do princípio de subsidiariedade”. Líderes parlamentares madeirenses pedem diálogo entre a Região e Lisboa.

Saiba também que a Madeira é a região do país que menos adota animais de companhia.

Quanto à pandemia, Surto infeta 15 pessoas do Lar de Idosos de Santana.