Madeira com 104 mil Açores com 7,8 milhões

Agrava-se o diferencial entre as opções do Estado para as Regiões Autónomas. Além das transferências que decorrem da lei, investimentos diretos em esquadras, tribunais, cadeias e outros serviços nacionais têm dotações bem diferentes. UMa recebe 13,3 milhões de euros.

Esta é a notícia que faz a manchete de hoje do seu JM, numa Primeira Página cujo destaque fotográfico enche os olhos de todos quantos aguardavam, há muito, um movimento de barcos na Pontinha, a lembrar os bons tempos pré-pandemia. 11 cruzeiros trouxeram mais de 10 mil turistas. O Iona, o maior navio a escalar o porto do Funchal, trouxe ontem 3.826 passageiros. Só para excursões foram requisitadas 191 viaturas de diferentes categorias.

A edição desta quinta-feira do seu matutino destaca ainda mais uma discrepância entre Açores e Madeira. Carlos Pereira acusa PSD de discriminação. Em causa está uma proposta de subsídio para o transporte de carga por via marítima para o continente. PSD nacional exige 10 milhões por ano para os Açores e zero para a Madeira.

Saiba ainda que no setor das pescas, o atum-patudo já tem quota esgotada. Os navios de pesca portugueses estão proibidos de voltar à safra do atum-patudo até ao final deste ano. A decisão foi tomada pela Comissão Europeia e tem em conta os limites da quota nacional. Agora, só para o ano.

Na Venezuela, comunidade lamenta morte do padre Alexandre Mendonça.