MADEIRA Meteorologia

Tecnologias de apoio para alunos com diversidade funcional permitem aprendizagem “mais facilitada e adequada às circunstâncias” cada um

Data de publicação
13 Dezembro 2023
14:38

A Secretaria Regional de Educação, Ciência e Tecnologia, através da Direção Regional de Educação, Divisão de Acessibilidades e Ajudas Técnicas, apresentou, hoje, o projeto ‘Tecnologias de Apoio para Crianças e Alunos com Diversidade Funcional’, que, através de equipamentos de “tecnologia de ponta”, permite que as crianças que “tenham, por razões diversas, dificuldades na sua aprendizagem, possam realizar o seu percurso de uma forma muito mais facilitada e adequada às suas circunstâncias”.

Explicação de Jorge Carvalho, secretário regional de Educação, Ciência e Tecnologia, que esteve presente no momento, que decorreu nas instalações da Divisão de Acessibilidade e Ajudas Técnicas (DAAT), situada na Rua dos Ilhéus.

Este projeto surge como parte integrante do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR) C20-i03-RAM - Programa de Aceleração da Digitalização da Educação na Região Autónoma da Madeira para efeitos de aquisição de Tecnologias de Apoio para crianças e alunos com diversidade funcional.

O governante adiantou que estes equipamentos – praticamente personalizados para cada criança - vêm dar um suporte “muito mais significativo” para aquela que é a visão de uma escola inclusiva e integradora.

Através deste projeto, foram disponibilizadas tecnologias adaptadas às necessidades de 74 crianças e alunos com diversidade funcional em 33 estabelecimentos de educação ou ensino. Estas tecnologias visam diversificar as medidas de suporte e apoio à aprendizagem, abrangendo áreas como a leitura, escrita, comunicação aumentativa, mobilidade autónoma e posicionamento nos espaços escolares. Brevemente, serão contempladas mais 88 crianças e alunos. Este esforço pretende criar condições propícias à inovação educativa, pedagógica e de gestão nos ensinos básico e secundário da RAM.

“As escolas para poderem dar resposta a todos os nossos alunos e jovens que frequentam o sistema educativo, particularmente nas crianças que têm determinado tipo de handicaps, necessitam de ter estes equipamentos”, notou.

Além destes aparelhos, o tutelar da pasta da Educação realça ainda o “conjunto de técnicos altamente especializados” que darão depois suporte a essas mesmas exigências. “Por isso, é um momento importante para as nossas crianças e as nossas escolas porque vamos melhorar de forma significativa o quotidiano das nossas crianças e dos ambientes escolares”, sublinhou.

Para Jorge Carvalho, esta é a prova de que a tecnologia é “altamente facilitadora” e integradora, disse, indicando que todas as escolas da Região estão preparadas ao nível da tecnologia para receber os equipamentos que sejam necessários.

O investimento total neste projeto ascendeu a 176.000,00 euros, verba disponibilizada no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), possibilitando a aquisição de recursos digitais educativos e tecnológicos, o que contribuiu significativamente para a melhoria do processo de ensino-aprendizagem e do acesso ao currículo e à aprendizagem de crianças e alunos na RAM.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas