MADEIRA Meteorologia

PS diz que Albuquerque continua a vender promessas como se não estivesse em gestão

Data de publicação
17 Abril 2024
10:20

“Miguel Albuquerque é presidente demissionário de um Governo de gestão, mas parece ter-se esquecido desse facto e continua a vender promessas e a distribuir dinheiros públicos pela Região, como se estivesse no exercício pleno de funções”.

É desta forma que o PS-Madeira reage ao facto de o chefe do Executivo continuar recorrentemente a usar o cargo que ocupa para continuar a fazer campanha eleitoral, contrariando o respeito pelo dever de imparcialidade e neutralidade a que está obrigado.

Marta Freitas, secretária-geral do PS-Madeira, insiste que, neste momento, as funções de Miguel Albuquerque estão limitadas à prática de atos estritamente necessários para assegurar a gestão dos negócios públicos da Região, conforme está previsto no Estatuto Político-Administrativo da Região Autónoma da Madeira”, mas acusa o presidente demissionário de fazer “letra morta da lei”, ignorando o Estatuto e demonstrando uma “total falta de ética e de desrespeito pelos princípios democráticos”.

“Numa vontade desmedida de se manter agarrado ao poder, Miguel Albuquerque está a tentar iludir os madeirenses e porto-santenses, anunciando medidas que sabe que não pode cumprir porque não tem poderes para isso”, repara Marta Freitas, considerando que aquele “tem de despir a farda de presidente do Governo” e assumir-se, de uma vez por todas, como candidato nas próximas Eleições Legislativas Regionais.

“Os madeirenses e porto-santenses merecem ser respeitados”, remata a dirigente socialista.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas