MADEIRA Meteorologia

Paulo Neves diz não querer “linhas vermelhas” em futuros acordos

Alberto Pita

Jornalista

Data de publicação
20 Abril 2024
15:15

O deputado à Assembleia da República, Paulo Neves, defendeu hoje que não devem existir “linhas vermelhas” a acordos com os partidos políticos que sejam aceites pelo Tribunal Constitucional, mas ressalvou que “o PSD não abdica dos seus princípios”.

“Nunca vamos abdicar dos nossos princípios, mas não queremos linhas vermelhas”, sublinhou, durante a primeira intervenção da tarde, no 19.º Congresso Re.

Paulo Neves afirmou, também, que o PSD “não contribuiu em nada para a instabilidade” que surgiu com a crise política instalada na Madeira, “antes pelo contrário, sempre apresentou soluções governavas”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas