MADEIRA Meteorologia

Julgamento adiado devido a caso positivo de covid-19

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
05 Janeiro 2021
15:18

O julgamento de um antigo funcionário público, acusado de desviar dois milhões de euros na Conservatória do Registo Comercial e Automóvel do Funchal foi adiado depois de um dos advogados do processo ter testado positivo para a covid-19.

Em 2018, o arguido foi condenado a sete anos e meio de prisão pelos crimes de peculato e falsificação de documentos, mas recorreu para o Tribunal da Relação de Lisboa, que determinou a repetição do julgamento.

A primeira sessão estava agendada para hoje, com continuação na quarta e quinta-feira, além de mais duas sessões na próxima semana. Contudo, devido a um resultado positivo num teste realizado à chegada à Madeira por um dos advogados, o julgamento foi adiado para o próximo mês.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas