MADEIRA Meteorologia

Julgamento de 25 arguidos de rede de droga adiado para setembro

Paula Abreu

Jornalista

Data de publicação
20 Maio 2024
9:42

Todas as sessões agendadas no âmbito do julgamento de uma das maiores redes de tráfico de droga da Madeira, com 25 arguidos, foram canceladas.

A juíza que preside o coletivo, Joana Dias, justificou a decisão com a constante falta de oficiais de justiça, por causa da greve. Referiu tratar-se se “uma situação muito constrangedora” e, devido à indefinição de haver recursos humanos para o decorrer do julgamento, entendeu ser melhor “desmarcar todas as sessões” e remarcar o julgamento para setembro, no início do próximo ano judicial.

A juíza Joana Dias vai proceder a novo despacho informando das novas datas, sendo que as testemunhas serão informadas. “Não tem jeito andarmos todas as semanas para cá e para lá, sem podermos fazer nada”, rematou.

Recorde-se que no banco dos réus estão quatro empresas e 21 cidadãos, dos quais nove estão em prisão preventiva ou domiciliária.

Esta foi a terceira vez que a diligência foi adiada, tendo inclusivamente o julgamento transitado do Edifício 2000 para o Palácio da Justiça.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas