MADEIRA Meteorologia

Bastonário da Ordem dos Psicólogos refere que o rácio de psicólogos na Madeira é "muito satisfatório"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
03 Novembro 2022
10:14

À margem da abertura do 2.° Congresso dos Psicólogos da Madeira, dinamizado pela Delegação Regional da Madeira da Ordem dos Psicólogos Portugueses e que decorrerá até amanhã no Centro de Congressos da Madeira, Francisco Miranda Rodrigues, bastonário da Ordem dos Psicólogos Portugueses, enalteceu que este congresso pretende ser um contributo da psicologia para resolver alguns dos problemas societais mais complexos que se advinham, na medida em que se procurará refletir sobre temas que se impõe na agenda de hoje.

A este propósito, o representante dos psicólogos a nível nacional destacou em particular o impacto da pandemia ao nível da saúde mental, mas também da pobreza, que inevitavelmente tem repercussões no bem-estar da população.

Por isso mesmo, para o profissional, os psicólogos também deve ser ouvidos pelos decisores políticos sobre os passos a dar para assegurar a saúde mental de todos. No que à Região diz respeito, o bastonário reconheceu que o rácio de psicólogos na Madeira é muito satisfatório comparativamente ao território continental, o que demonstra que a população madeirense está a receber respostas às suas necessidades.

De facto, para o profissional, o problema da profissão não é a falta de psicólogos, mas sim a orientação destes profissionais para a missão e o seu contributo para a comunidade.

Já na sua intervenção perante a plateia composta por centenas de profissionais, Francisco Miranda Rodrigues ressaltou a satisfação que sente ao olhar para o trajeto feito pela psicologia, mas também com a forma como a sociedade tem respondido aos problemas atuais. "É importante recordar esse trajeto", começou por enunciar, frisando que o percurso desta profissão se tem cruzado com os desafios e a própria evolução da sociedade, da qual advieram aprendizagens que podemos aplicar aos dias de hoje.

"Essa reflexão não só é importante, mas é ela que nos deve orientar para os desafios de agora", continuou o bastonário, asseverando que os psicólogos estão prontos para contribuir para as respostas que os cidadãos necessitam para viver cada vez melhor.

Edna Baptista

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas