MADEIRA Meteorologia

Apoio à Ucrânia reúne mais de uma centena de pessoas no Funchal

Alberto Pita

Jornalista

Data de publicação
24 Fevereiro 2024
20:52

Um grupo de mais de 100 pessoas reuniu-se esta tarde, no Funchal, no momento em que se assinala os dois anos da invasão russa da Ucrânia, para condenar a guerra e agradecer a Portugal o apoio que tem prestado desde o início do conflito.

A iniciativa foi dinamizada por Katerina Leacock e reuniu diferentes sensibilidades políticas, entre as quais José Manuel Rodrigues, presidente da Assembleia Legislativa da Madeira, Inês Sousa Real, presidente do PAN, e Filipe Sousa, cabeça de lista do JPP às eleições de 10 de março.

Katerina Leacock, dinamizadora da iniciativa, recordou que “a agressão em grande escala da Rússia contra a Ucrânia já dura há dois anos”, mas a guerra travada pelo Kremlin contra os ucranianos após a anexação da Crimeia em 2014 já dura há 10 anos.

“Apelo a todos os ucranianos - trabalhem e criem tantos produtos e serviços ucranianos competitivos quanto possível, tornem a nossa marca “Made in Ukraine” conhecida e desejada no mundo. Quanto mais sucesso tivermos, mais poderemos ajudar a nossa pária, mais vidas poderemos salvar e mais rápido venceremos”, disse.

Durante a marcha desta tarde, que foi do Teatro Baltazar Dias à Sé, os manifestantes exibiram cartazes de agradecimento a Portugal e mensagens em inglês de apoio à causa ucraniana.

Por seu turno, José Manuel Rodrigues disse que o “obrigado a Portugal deve ser transformado num obrigado à Ucrânia, porque a luta do povo ucraniano é a luta de todos os povos que amam a liberdade, que gostam da democracia e que defendem o estado de direito democrático e os direitos humanos para todos os cidadãos”.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas