MADEIRA Meteorologia

8% das casas vendidas na Madeira ficam menos de uma semana no mercado

Data de publicação
17 Junho 2024
9:37

Cerca de 8% das casas compradas na Madeira nos primeiros três meses do ano, estiveram anunciadas no idealista menos de uma semana.

De acordo com aquele portal de imobiliário, 17% das casas esteve no mercado entre duas semanas e um mês, 20% entre um e três meses, 41% entre três meses e um ano e 13% mais de um ano, mostra um estudo publicado pelo idealista, o Marketplace imobiliário do sul da Europa. No Funchal, 8% das casas foram retiradas em sete dias.

“Analisando as ‘vendas expresso’ - ou seja, imóveis residenciais que se vendem em menos de uma semana, tendo em conta o tempo de permanência dos anúncios - por capitais de distrito, é em Faro que encontramos uma maior percentagem, 33% das casas são vendidas nesse período”, refere o idealista. Seguem-se Portalegre (25%), Porto (15%), Braga (14%), Évora (14%), Setúbal (14%), Vila Real (14%), Castelo Branco (13%), Coimbra (11%) e Leiria (11%). Abaixo da média nacional, encontram-se Lisboa (10%), Viana do Castelo (10%), Ponta Delgada (9%), Santarém (9%) e Funchal (8%).

A capital de distrito onde se registou menos ‘vendas expresso’ foi Viseu (3%). Em Aveiro e Beja, apenas 7% das transações se realizaram em menos de sete dias no primeiro trimestre. Já em Bragança e Guarda, nenhuma casa foi vendida nesse período.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas