MADEIRA Meteorologia

Tribunal condena empresa de Cristina Ferreira a pagar mais de 3 milhões de euros à SIC

Data de publicação
11 Junho 2024
17:05

O Tribunal de Sintra deu hoje razão à SIC, estação televisiva que pedia uma indemnização a Cristina Ferreira e à empresa Amor Ponto, Lda. (antiga Cristina Ferreira Lda., que detém com o pai) pela “abrupta e surpreendente” quebra de contrato em 2020.

De acordo com a informação avançada pela SIC Notícias, a apresentadora foi absolvida, mas a empresa que detém foi condenada a indemnizar a SIC. Decidiu o tribunal, de acordo com a sentença divulgada pela mesma fonte, “(...) condenar a 1.ª Ré Amor Ponto Lda., (...), a proceder ao pagamento à Autora SIC Sociedade Independente de Comunicação S.A. da quantia € 3 315 998,67 (três milhões trezentos e quinze mil novecentos e noventa e oito euros e sessenta e sete cêntimos), acrescida de juros, à taxa comercial, desde a citação até efectivo e integral pagamento”.

Acrescenta a mesma notícia que o Tribunal justifica esta decisão de “condenar a Amor Ponto Lda. a pagar à SIC a indemnização arbitrada, absolvendo desse pedido Cristina Ferreira” com o facto de “ter entendido que o concreto contrato de prestação de serviços celebrado havia sido entre a SIC e Amor Ponto Lda., não se confundindo esta com a sua sócia maioritária e gerente”.

A 17 de julho de 2020, recorda a publicação, Cristina Ferreira decidiu cessar unilateralmente a sua ligação à SIC, “colocando termo ao contrato que a vinculava até 30 de novembro de 2022.”

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas