MADEIRA Meteorologia

Artigo de Opinião

Economista

23/02/2023 08:00

Assim, ficam as seguintes perguntas:

1. É opção do Governo Regional (e demais partidos na Assembleia Legislativa da Região Autónoma da Madeira) continuar em silêncio político sobre a necessidade de um sistema fiscal próprio que permita a diversificação do tecido económico e, consequentemente, da oferta de emprego, aproveitando a revisão constitucional em curso?

2. É opção do Governo Regional e do Governo da República investir em pelo menos 17 anos de educação de qualidade dos nossos jovens para, depois, os entregar de mão esbanjada a economias concorrências da Região Autónoma da Madeira e de Portugal?

3. É opção dos jovens saltarem de estágio em estágio sem que com isso obtenham experiência no setor onde desempenham o estágio por abuso por parte de certas e determinadas empresas no que diz respeito aos apoios pagos pelos contribuintes no âmbito de tais estágios?

4. É opção dos jovens serem confrontados com descriminação, aquando da contratação, pelo facto de não estarem inscritos no IEM, IP-RAM e assim a sua contratação não ser elegível para apoios pagos pelos contribuintes?

5. É opção dos jovens terem de "competir" num mercado de trabalho onde algumas empresas dão primazia à cunha em detrimento da meritocracia ou de uma oportunidade em igualdade de circunstâncias?

6. É opção dos jovens receberem salários míseros e verem qualquer perspectiva de progressão salarial ser "roubada" pela carga fiscal imposta por um sistema operessivo que não se adequa à nossa realidade insular?

7. É opção dos jovens qualificados viverem num país cuja economia não converge com a Europa, e que ao atual ritmo levaria mais de 100 anos a o fazer, tendo em contas as mais recentes projecções do Fórum para a Competitividade?

Muitas outras questões poderiam ser colocadas, porém o desemprego dos jovens qualificados na Região Autónoma da Madeira não é, na esmagadora maioria dos casos, feito por opção, ainda para mais quando falamos da possibilidade de imigração (com os potenciais sucessos profissionais que tal escolha eventualmente acarrete). Qualquer Madeirense, ou Portossantense, tem conhecimento de causa, quer por experiência própria, quer por familiares, ou por amigos das situações acima descritas. De facto, parece que foi opção de Sua Excelência o Presidente do Governo Regional, não ter escolhido, quiçá, as palavras mais acertadas à interpelação feita pela jornalista.

"Nunca perca uma boa oportunidade de estar calado." - William Penn Adair Rogers, Mayor Honorário de Beverlly Hills

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas