MADEIRA Meteorologia

Afeganistão: Portugal ainda trata de casos pendentes de reunificação familiar

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
30 Agosto 2022
17:55

Portugal ainda tem alguns "casos pendentes de reunificação familiar" no contexto da retirada das forças norte-americanas e da coligação do Afeganistão há um ano, que estão a ser tratados "com toda a discrição", disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros.

Em declarações à margem de uma reunião informal de chefes de diplomacia da União Europeia, em Praga, no dia em que se assinala precisamente um ano sobre a conclusão da retirada das forças norte-americanas e aliados do Afeganistão, que ficou sob o controlo do regime talibã, João Gomes Cravinho indicou que já não há "nenhum caso de afegãos que colaboraram com as nossas forças e que precisem de sair", restando alguns casos de familiares.

"Temos ainda alguns casos pendentes de reunificação familiar, que estão a ser tratados obviamente com toda a discrição que a situação exige", completou o ministro.

A coligação liderada pelos Estados Unidos concluiu a retirada do Afeganistão a 30 de agosto de 2021, deixando o país definitivamente nas mãos dos talibãs, tendo na ocasião o Governo português identificado 19 famílias com um total de 72 cidadãos que Portugal se comprometeu a ajudar a retirar do país, por ser esse o seu "dever moral" para com afegãos que colaboraram com militares portugueses que estavam destacados no país.

LUSA

OPINIÃO EM DESTAQUE
Coordenadora do Centro de Estudos de Bioética – Pólo Madeira
11/04/2024 08:00

A finitude da vida é um tema que nos confronta com a essência da nossa existência, levando-nos a refletir sobre o significado e o propósito da nossa passagem...

Ver todos os artigos

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas