MADEIRA Meteorologia

Pelo menos 47 mortos em inundações históricas no sul da China

Data de publicação
21 Junho 2024
14:53

Pelo menos 47 pessoas morreram na província de Guangdong, sul da China, na sequência de inundações e deslizamento de terras, com as autoridades a emitirem alertas sobre o agravamento das condições climatéricas em outras zonas do país.

A televisão pública CCTV disse na tarde de hoje que foram confirmadas as mortes de 38 pessoas numa região da cidade de Meizhou, acrescentando que há registo de outras nove vítimas no distrito de Meizhou.

A CCTV acrescentou que duas pessoas estão desaparecidas, precisando que “devido à gravidade da catástrofe, as operações de busca e salvamento das pessoas atingidas são difíceis e levam tempo”.

Mais de 55.000 pessoas estão afetadas pelas fortes precipitações, segundo a televisão estatal.

As tempestades provocaram deslizamento de terras e inundações no decurso de toda a semana, destruindo milhares de casas e numerosas estradas, segundo a mesma fonte.

As autoridades revelaram que estas inundações “centenárias” são as mais graves desde que existem registos. Um anterior balanço na quinta-feira referia-se a nove mortos nas inundações.

No corrente ano, a China tem-se confrontado com condições meteorológicas extremas, um fenómeno cada vez mais recorrente devido às alterações climáticas, em particular a emissão de gases com efeito de estufa, segundo os especialistas.

A China permanece o primeiro emissor mundial deste fenómeno, motivado pela atividade humana.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas