MADEIRA Meteorologia

‘Queen Anne’ traz 3.600 pessoas ao Funchal na sua escala inaugural

Data de publicação
14 Maio 2024
14:49

O ‘Queen Anne’, o mais recente navio da Cunard, estreou-se esta manhã na Madeira.

Com cerca 2.600 passageiros e 1.000 tripulantes a bordo, entrou no Porto do Funchal pelas 06h45, vindo de Southampton. No momento do desembarque, os passageiros foram recebidos por um grupo de folclore regional e uma equipa de carreiros do Monte, com os tradicionais carros de cesto.

  • ‘Queen Anne’ traz 3.600 pessoas ao Funchal na sua escala inaugural

O navio vai pernoitar na Madeira, tendo a partida rumo a Lanzarote programada para as 17 horas de amanhã.

Para assinalar a escala inaugural, o Clube de Entusiastas de Navios (CEN) organizou uma exposição com fotografias e miniaturas de navios, que recupera as anteriores visitas ao Funchal de cruzeiros da Cunard.

A comandante do ‘Queen Anne’, Inger Klein Thorhauge, e a vogal do conselho de administração dos Portos da Madeira (APRAM), Isabel Figueiroa, vão estar presentes na abertura da exposição, que decorre na Gare Marítima da Madeira.

Já na quarta-feira, pelas 10 horas, vai decorrer a bordo do navio a tradicional cerimónia de troca de placas, com a presença da presidente do conselho de administração da APRAM.

Paula Cabaço, e Inger Klein Thorhauge, que é a primeira mulher a comandar um navio da Cunard. O rebocador ‘Ponta do Pargo’, da APRAM, vai acompanhar a partida do ‘Queen Anne’, assinalando o momento com uma saudação de água.

“A Madeira e a Cunard tem uma ligação especial. O Queen Marry 2 fez aqui a sua escala inaugural, e agora, 20 anos depois, o Queen Anne dá-nos a mesma honra, o que revela a importância e notoriedade do nosso porto para a indústria dos cruzeiros”, destaca Paula Cabaço, adiantando que nas últimas duas décadas os navios da Cunard efetuaram 112 escalas, transportando perto de 205 mil passageiros. “O Queen Elizabeth e o Queen Victoria são presenças habituais na passagem de ano na Madeira, e para a deste ano já está confirmada a vinda do Queen Anne”, acrescentou a responsável pela autoridade portuária regional.

A estreia do ‘Queen Anne’ no Funchal acontece 20 anos depois da primeira passagem pela Madeira do ‘Queen Mary 2’, na altura o maior navio de cruzeiro do mundo. Construído nos estaleiros italianos da Fincantieri, e lançado ao mar no passado dia 24 de abril, o ‘Queen Anne’ tem capacidade para transportar 2.996 passageiros e 1.225 tripulantes. É o navio número 249 da Cunard, e o quarto a frota atual. Foi batizado em honra da rainha Ana, que governou o Reino Unido entre 8 de Março de 1702 e 1 de Maio de 1714). É o segundo maior navio da companhia com 323 metros de comprimento, só ultrapassado pelo ‘Queen Marry 2’ (345 metros), que continua a ser o mais antigo da frota da Cunard. Mas o ‘Anne’ é aquele que tem maior capacidade de transporte, face aos 2.691 passageiros do ‘Marry 2’. A companhia conta também com o ‘Queen Elizabeth’ e com o ‘Queen Victoria’, sendo a primeira vez desde 1999 que a Cunard tem quatro navios a navegar, homenageando assim todas as rainhas regentes britânicas

O agenciamento do ‘Anne’, está a cargo da Blatas, Lda (Blandy Shipping), agente de navegação da Cunard desde 1905. O primeiro registo de uma escala de navio cruzeiro da Cunard, na Madeira, remonta a esse ano, com a escala do navio Caronia, fundeado na baía do Funchal, na altura já agenciado pela Blandy Brothers & CA.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas