IL acusa SESARAM de “não saber de nada”

Lusa

A Iniciativa Liberal Madeira acusou, hoje, o SESARAM de “não saber de nada” em relação à saúde na Região.

Dando conta das notícias publicadas nas últimas semanas que visam este setor, o partido lamenta, numa nota assinada por Nuno Morna, que seja assim que “se trate da saúde dos madeirenses.

“Os médicos da Ortopedia estão com excesso de trabalho; há médicos em prevenção que se deslocam ao hospital para dar conta do serviço e outros que se mantêm "prevenidos" em casa; os ortopedistas que vinham de Coimbra para reforçar as equipas, deixaram de o fazer há mais de dois anos; Os protocolos com os privados para cirurgias nas diversas especialidades, neste momento, estão suspensos, estamos em crer por falta de pagamento; O ponto anterior leva a que as cirurgias do serviço público estejam a ser todas feitas no Hospital que, como se sabe, tem o Bloco Operatório a funcionar a 50%;) [e] A falta de medicamentos no Hospital é uma realidade, sejam quais forem as desculpas. Não nos referimos a meia dúzia deles, são 378 remédios em falta”, enumera a IL.

Perante tudo isto, “O SESARAM não sabe de nada”, deplora o partido.