MADEIRA Meteorologia

Sindicato Nacional da Proteção Civil defende demissão de Pedro Ramos

Data de publicação
24 Junho 2024
15:24

O Sindicato Nacional da Proteção Civil defendeu hoje, através de uma “carta aberta”, que Pedro Ramos já devia ter apresentado a demissão, na sequência das declarações proferidas durante a apresentação do POCIR, em 31 de maio último.

”Anormais, incompetentes e canalhas não têm lugar nesta terra”, então o secretário regional de Saúde e Proteção Civil. Cerca de um mês depois, a referida estrutura sindical responde com a carta que que se transcreve na integra a seguir:

CARTA ABERTA AO SR. SECRETÁRIO REGIONAL DA SAÚDE E PROTEÇÃO CIVIL, DR. PEDRO RAMOS

“O BOM INTERPRETADOR A SI PRÓPRIO SE INTERPRETA”

Recorrendo a uma frase de um velho Filósofo, nunca ele imaginou que haveria algures, muitos anos depois, uma personagem a quem a frase encaixava que nem uma luva. É que, aquilo que julgamos que os outros são, é aquilo que nós realmente somos.

Pedro Ramos ao afirmar que um Sindicato Nacional da Proteção Civil era Canalha e Anormal e recorrendo a quem o conhece melhor do que nós, ouvimos de outros políticos na Assembleia Regional da Madeira, nomeadamente o Sr. Deputado do Partido Socialista, que, evidenciou, as incompetências da Secretaria Regional e do seu responsável, que tutela a Proteção Civil e as mentiras continuadas relativas aos nossos Bombeiros da RAM.

Sr. Secretário.

Canalha é alguém sem princípios, sem escrúpulos, desonesto, em quem ninguém pode confiar.

Anormal. Pessoa que se afasta da norma ou da média, tarado...podendo ter muitos mais significados, dependendo do contexto em que é utilizado.

O SNPC – Sindicato Nacional da Proteção Civil, não lhe admite esse tipo de palavreado, indigno do estatuto que possui e do Setor que tutela.

O Sr. é realmente incompetente, confirmamos o referido nos discursos recentes na Assembleia Regional, que, quem visionar o vídeo dessa intervenção, o Senhor admite com um abano afirmativo de cabeça, concordando com o que o Sr. Deputado do PS proferiu.

Pensamos que estaria na hora de se demitir, pois, pelos vistos, não tem vida nem capacidade para estar à frente duma Secretaria Regional, com a importância daquela que tutela.

Este sindicato começa por recordar que fez nota pública do seu entendimento que, relativamente ao orçamento regional, enquanto instrumento fundamental, este deveria entrar em vigor, para que não se entre, novamente, num regime transitório de duodécimos, o qual entendemos ser prejudicial aos legítimos direitos e interesses dos Bombeiros Madeirenses, trabalhadores que bem precisam e merecem atenção, por parte do Governo Regional.

O comportamento recente do Governo Regional e em particular do Secretário Regional Dr. Pedro Ramos, é inaceitável por se caracterizar de total e desproporcional agressividade, contrariando os valores sociais e de ofensa a um sindicato, que, como é seu apanágio, confere preferência ao diálogo social e à construção, pela via da concertação, de uma base de trabalho, de progresso e avanço nos direitos para todos, em especial para todos os trabalhadores.

Este sindicato não entra na luta política/partidária, porque não é essa a sua missão. Cabe aos Madeirenses a escolha dos seus representantes.

Contudo, por se tratar de afirmações absolutamente caluniosas, mesmo a terem sido proferidas no calor do debate, este sindicato tomará as devidas providências, para que seja reparado o seu bom nome, apelando ao Governo Regional da Madeira, para que reflita e meta a mão na consciência e se dirija ao Sindicato Nacional da Proteção Civil, na base do diálogo, em nome do bom trato e da justiça social.

Mesmo assim, estamos disponíveis como sempre estivemos, para encontrar pontos convergentes, na tentativa de resolução dos problemas existentes, embora o Sr. Secretário tivesse adiado a última reunião, para data incerta...

É que, “O bom interpretador, a si próprio se interpreta”

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas