MADEIRA Meteorologia

Oposição prefere viver na "obscuridade", lamenta Rita Andrade

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
18 Maio 2022
11:25

Rita Andrade até tenta entender a narrativa da oposição, que "está o fazer o seu papel", mas lamenta que "não faça um único elogio", apelando a que "vejam a luz em vez de só quererem viver na obscuridade".

A secretária regional da Inclusão Social e Cidadania releva que "felizmente a população reconhece o nosso trabalho, e em 45 anos sempre votou no PSD".

Disse ainda à oposição que "deveriam era ajudar a Madeira" a resolver questões pendentes com a República.

Voltando a frisar que "sabemos que não está tudo feito", exaltou todo o trabalho empreendido nas mais diversas áreas, registando que "hoje temos a mais alta taxa de jovens licenciados, que é um motivo de satisfação, não só para o PSD, mas para a toda a Região", reiterando que a oposição é a única que não o reconhece.

Rita Andrade falou ainda na taxa de desemprego, que "não nos satisfaz, relembrando que "estamos sempre a reajustar medidas e a criar novo programas". Palavras proferidas no debate protestativo sobre pobreza na Região Autónoma da Madeira, requerido pelo PS, que decorre na manhã desta quarta-feira no plenário madeirense, que acaba por agregar praticamente todas as áreas de governação.

David Spranger

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

O presidente do Marítimo tem condições para continuar no cargo após agredir um adepto?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas