MADEIRA Meteorologia

MP pede preventiva para os três arguidos

Data de publicação
09 Fevereiro 2024
14:05

O Ministério Público pediu hoje a prisão preventiva para os três detidos no âmbito da investigação por suspeitas na Madeira, entre os quais o ex-presidente da Câmara do Funchal, Pedro Calado.

O anúncio foi feito pelo advogado Raul Soares da Veiga, em declarações aos jornalistas à saída do Tribunal Central de Instrução Criminal, no Campus de Justiça, em Lisboa, onde decorreram as alegações do Ministério Público.

Além de Pedro Calado, estão também detidos desde 24 de janeiro, Avelino Farinha e Custódio Correia.

No âmbito deste processo, o presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque (PSD), foi constituído arguido e acabou por renunciar ao cargo, o que levou à queda do executivo regional, de coligação PSD/CDS-PP, com o apoio parlamentar do PAN.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Qual o seu grau de satisfação com a liberdade que o 25 de Abril trouxe para os madeirenses?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas