MADEIRA Meteorologia

Megaoperação tráfico de droga: Seis das onze detenções foram em Câmara de Lobos

Data de publicação
17 Maio 2024
15:27

O coordenador regional da Polícia Judiciária, na Madeira, esclareceu aos jornalistas, na sede desta instituição e a propósito da megaoperação de combate ao tráfico de droga, que culminou com 11 detenções, que seis destas ocorreram no concelho de Câmara de Lobos.

Destes cidadãos, seis são madeirenses, sendo esta a segunda fase de uma operação que se iniciou o ano passado e que se dividiu pela Madeira, Lisboa e Açores (sendo que nestes dois últimos lugares corresponde a uma primeira dimensão da operação).

Ricardo Tecedeiro adiantou que realizaram “doze buscas cá e quatro em Lisboa”.

Apreenderam ainda pequenas quantidades de droga, assim como utensílios usados nesta prática.

“No decurso do ano passo, tinham sido apreendidas aqui, na Madeira, no aeroporto, cerca de 1,5kg de heroína. Entretanto, também em novembro do ano passado, foi apreendido, nos Açores, uma quantidade considerável de MDMA. Este é o culminar de toda a investigação que nós fizemos ao longo do tempo, envolvendo aqui determinadas pessoas com diferentes graus de participação”, lembrou o responsável.

Recordar que a PJ deu cumprimento a dezasseis mandados de busca e que, para a realização desta operação, contaram com a cooperação da Força Aérea Portuguesa, tal como o Comando Regional da Polícia de Segurança Pública (PSP), o Comando Territorial da Madeira da Guarda Nacional Republicana (GNR) e ainda da Unidade Nacional de Tráfico de Estupefacientes, de Lisboa.

Dos detidos, seis são madeirenses, informou Ricardo Tecedeiro, aproveitando a ocasião para informar que houve um dos onze detidos entretanto restituído à liberdade.

“São dez detidos, porque um deles foi detido, mas foi posteriormente libertado”, afirmou, aclarando que a intervenção dele verificou-se insignificante.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas