MADEIRA Meteorologia

Madeira recebe iniciativa "Europa na minha região"

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
24 Outubro 2022
17:39

O Parque Temático da Madeira, o Museu de Fotografia - Atelier Vicente’s e a Sé do Funchal serão os palcos de várias atividades da iniciativa ‘Europa na minha região", que decorre no arquipélago até 24 de novembro, foi hoje anunciado.

A Madeira é a primeira região portuguesa a participar na iniciativa ‘A Europa na minha região’, uma iniciativa que foi hoje apresentada, no Funchal, destinada a "divulgar a ação [projetos financiados] da União Europeia para as Regiões da Europa", explicaram os organizadores.

Este evento decorre neste arquipélago subordinado ao tema "Madeira: o nosso jardim de histórias", sendo uma organização conjunta da região e da Direção-Geral de Política Regional e Urbana da Comissão Europeia.

A organização apontou que, "juntamente com as regiões parceiras e os projetos financiados pela UE, a União Europeia está a criar ferramentas e oportunidades de diálogo com os cidadãos e a sensibilizá-los para os feitos de projetos que lhes são próximos, graças aos esforços de cofinanciamento da UE e da região".

"Temos muito orgulho em mostrar que há uma dimensão europeia para as soluções locais e que organizações conjuntas como esta fazem a diferença", disse diretora de Orçamento, Comunicação e Assuntos Gerais na Direção-Geral da Política Regional e Urbana da Comissão Europeia na apresentação da iniciativa, no Funchal.

Para Monika Hencsey, "esta iniciativa é uma parte de um esforço mais amplo de comunicação da União Europeia implementado desde 2018, em estreita parceria, até agora, com mais de 60 regiões europeias".

A responsável explicou que o objetivo é, "em cada região, contar a história de lugares e iniciativas de particular relevância para as comunidades regionais e que formam uma parte inerente do seu quotidiano".

Por seu turno, o secretário das Finanças da Madeira defendeu que a região "é um bom exemplo do impacto que a integração na União Europeia representou para o processo de desenvolvimento e para a melhoria dos níveis de bem-estar da população" .

"Temos orgulho no caminho percorrido e nos resultados que atingimos, com o contributo da Política de Coesão e, graças a uma gestão e aplicação criteriosa dos fundos europeus, que nos permitiu garantir as condições reclamadas pela natural aspiração dos cidadãos", declarou Rogério Gouveia.

No seu entender, estes projetos são importantes porque "contribuem para o desenvolvimento da região e, por outro lado, ajudam a preservar a sua história e as memórias de quem cá vive".

A organização da iniciática informou que, até 24 de novembro, a Madeira vai receber concursos, eventos e palestras, entre outras atividades, no Parque Temático da Madeira (Santana) e, no Funchal, no Museu de Fotografia - Atelier Vicente’s e na Sé, "locais representativos na região que foram recuperados com apoio de fundos europeus".

O projeto da reconversão do Parque Temático da Madeira foi alvo de reabilitação, novas infraestruturas e ações de promoção de bens histórico-culturais e áreas naturais, no âmbito do Programa Operacional Regional Madeira 14-20, um investimento superior a 1,2 ME comparticipado em mais de um milhão de euros por fundos comunitários.

O projeto do Museu de Fotografia da Madeira custou 473 mil euros e o de conservação e restauro dos tetos Mudéjares da Sé do Funchal teve um custo total superior a 1,6 ME.

LUSA

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar o Europeu?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas