MADEIRA Meteorologia

JPP diz que Governo Regional é acusado de adulterar concurso de ligação aérea e requer audição da Sevenair

Data de publicação
23 Abril 2024
17:18

Através de um comunicado enviado às redações, o JPP faz eco de palavras de um administrador da Sevenair, concorrente excluído do concurso de ligação aérea Porto Santo/Madeira, que terá acusado um membro do júri, escolhido pelo Governo Regional, de parcialidade e obstáculo.

“Há um membro do júri que é nomeado pelo Governo Regional da Madeira que antes do concurso ainda conhecer as propostas disse aos outros membros do júri que tinha instruções que a Binter tinha que ganhar”, afirmou Carlos Amaro, da Sevenair, ontem, à Antena 1, palavras reproduzidas pelo partido em comunicado.

“Face a estas declarações, o partido Juntos Pelo Povo (JPP) vai requerer a audição dos responsáveis da Sevenair e do membro do júri, no concurso de ligação aérea, indicado pelo Governo Regional”, adianta a mesma nota.

Segundo o partido, “o administrador garantiu que ganharia o concurso se não houvesse uma intenção deliberada de entregar a operação à concorrente espanhola, já que tinha o dobro da pontuação da outra empresa”.

“A exclusão levou à contestação em tribunal, e ao adiamento da celebração do contrato. A solução tem sido a sucessiva prorrogação do prazo – seis vezes desde 2022, com grave prejuízo para a vida das pessoas e das empresas porto-santenses”, lembra o partido. “O JPP considera que este imbróglio é um gravíssimo problema e que este é o momento de encontrar uma solução definitiva.”

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas