MADEIRA Meteorologia

Comunicação Social mobiliza-se à frente da Câmara por causa de buscas da PJ

Paula Abreu

Jornalista

Data de publicação
24 Janeiro 2024
10:38

Numa manhã em que os madeirenses foram surpreendidos com notícias difundidas a nível nacional de que decorrem buscas na Câmara Municipal do Funchal e no Governo Regional, no âmbito de uma investigação da Polícia Judiciária e Ministério Público por suspeita de corrupção e crimes associados, comunicação social mobiliza-se em frente à autarquia funchalense. Investigação que envolve diretamente Miguel Albuquerque e Pedro Calado.

Vários inspetores da PJ estão nas instalações da Câmara, como deu nota, logo pela manhã, o próprio município em nota à imprensa.

A Câmara Municipal do Funchal vinca que está a colaborar na investigação em curso e a prestar toda a informação solicitada, num espírito de boa cooperação.

Segundo a CNN Portugal, a Polícia Judiciária e o Ministério Público têm mais de 50 buscas em marcha, por suspeitas de corrupção e outros crimes associados que envolvem os mais altos titulares de cargos públicos e políticos na Madeira. Dois dos alvos da operação são o próprio presidente do governo regional, Miguel Albuquerque, e o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado.

Esta será a maior operação da PJ e Ministério Público levada a cabo na Madeira.

Segundo a CNN Portugal, a Polícia Judiciária e o Ministério Público têm mais de 50 buscas em marcha, por suspeitas de corrupção e outros crimes associados que envolvem os mais altos titulares de cargos públicos e políticos na Madeira. Dois dos alvos da operação são o próprio presidente do governo regional, Miguel Albuquerque, e o presidente da Câmara Municipal do Funchal, Pedro Calado.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas