MADEIRA Meteorologia

CDU não se conforma com aumento de desigualdades e injustiças

Data de publicação
19 Maio 2024
12:27

“Não nos podemos resignar ao agravamento das injustiças sociais. Nós não nos conformamos com o aumento das injustiças e desigualdades nesta terra”, reiterou, esta manhã, Edgar Silva, cabeça de lista desta candidatura às próximas Eleições Legislativas Regionais, no Caniço.

De acordo com Edgar Silva, “no quadro da União Europeia, a Madeira é a Região em que a diferença social está mais extremada, onde a desigualdade social é mais acentuada” e, no seu entender, “não tem de ser assim”.

“Não estamos condenados a esta desigualdade. Não podemos conformar-nos com esta injustiça em que tantos têm tão pouco para tão poucos terem tanto”, realçou, afiançando que esta situação tem causas e tem responsáveis.

“Tal como a CDU tem dito, a maioria daqueles partidos que agora falam da pobreza que cresceu são os mais diretos responsáveis pelas causas do problema. Ou não foram eles, PS no governo da República, PSD e CDS no governo da Região, que desencadearam as medidas negativas geradoras do atual estado social desta Região, tão desigual e escandalosamente injusta?”, aponta.

Agora que se aproximam as eleições, Edgar Silva refere que as “populações bem sabem que é com a CDU que podem contar para este combate à injustiça e às desigualdades sociais. É com a CDU que verão a sua voz representada no Parlamento. Sabem que é a CDU que, como nenhuma outra força, lutará contra as injustiças e as desigualdades nesta terra”, remata.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas