MADEIRA Meteorologia

CDS quer redução de impostos sobre a habitação

Data de publicação
22 Maio 2024
14:07

O líder do CDS defendeu hoje uma “diminuição drástica dos impostos que incidem sobre a construção, venda e compra de habitação”.

Enquanto “não se atacar a carga fiscal sobre a habitação, que vai desde os impostos que recai sobre a aquisição de um terreno, passando pelo IVA sobre os materiais de construção e terminando nas taxas e impostos sobre a venda e compra, dificilmente se conseguirá ter casas acessíveis à generalidade da população”, garantiu José Manuel Rodrigues, numa ação de campanha no Funchal.

O CDS propõe a isenção de IMT, IMI na compra de terreno para a autoconstrução de casa e na aquisição da primeira habitação, e a redução do IVA sobre os materiais de construção.

O candidato do CDS reafirmou outras medidas, como a reintrodução do Crédito Bonificado Jovem e da dedução dos juros à coleta do IRS.

Para além disso, o CDS propôs “uma clara aposta na construção pelas cooperativas e a disponibilização de terrenos públicos para a construção de casa própria pelos casais jovens e classe média”.

Quanto à habitação social, Rodrigues assegurou que “é preciso o Estado, o Governo Regional e as Câmaras fazerem muito mais, uma vez que há 4 mil famílias carenciadas à espera de um espaço para residir em boas condições”.

O CDS está hoje em campanha em vários concelhos da Madeira.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Considera que o novo governo vai cumprir o mandato?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas