MADEIRA Meteorologia

Campanha ‘As Espécies Invasoras’ leva alunos da Francisco Franco ao Porto Moniz

Data de publicação
15 Maio 2024
9:54

No âmbito da Campanha ‘As Espécies Invasoras no Arquipélago da Madeira’, e em articulação com os conteúdos curriculares das disciplinas de Geografia, Animação Turística e Inglês, os alunos do Curso Profissional de Turismo Ambiental e Rural da Escola Secundária de Francisco Franco deslocaram-se ao Porto Moniz, tendo participado num conjunto de atividades proporcionadas pela edilidade local.

Os alunos visitaram as Piscinas Naturais para observação da vegetação autóctone e invasora ali presente, seguindo depois para o Aquário da Madeira.

“Como espécies invasoras, ficaram registados o espinafre e o chorão-das-praias. No Aquário, os alunos ficaram a conhecer seres fantásticos que habitam o oceano - das suas características e comportamentos aos perigos que os ameaçam. Falou-se no pargo-comum, que está em perigo devido à presença de uma espécie invasora, nas lapas, que estão a desaparecer, devido à poluição marítima e à apanha descontrolada na época da reprodução e nos sargaços, que transportam novos seres que poderão competir com as espécies locais”, refere uma nota de imprensa.

Seguidamente os alunos do Curso Profissional de Turismo Ambiental e Rural tiveram uma visita guiada ao Jardim do Cantinho para reconhecimento das plantas endémicas que ali ocorrem espontaneamente. Assistiram à intervenção para controlo da rosinha-do-sol e das coroas-de-henrique, duas intrusas neste jardim natural onde predominam as plantas do litoral da ilha.

Esta operação, à qual foi dedicada cerca de uma hora e meia, marca o início de um compromisso da Câmara Municipal do Porto Moniz com a causa do combate às invasoras naquele concelho.

Através de Sandra Rodrigues, chefe de divisão, foi comunicado que será efetuada a substituição de plantas invasoras num jardim público situado à entrada das piscinas naturais do Porto Moniz. Entre as plantas sugeridas estão a ‘trevina Lotus glaucus ssp glaucus’, a ‘mostarda Sinapidendron gymnocalyx’ e a ‘perpétua-branca Helichrysum melaleucum’ e o ‘cardo-branco Carlina salicifolia’.

Houve ainda um almoço volante e caminhada no Fanal, para conhecer algumas espécies da Laurissilva.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem acha que vai governar a Região após as eleições de 26 de maio?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas