MADEIRA Meteorologia

Proteção Civil alerta para risco elevado de incêndio devido ao aumento das temperaturas

JM-Madeira

JM-Madeira

Data de publicação
22 Junho 2023
17:20

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) alertou hoje para o elevado risco de incêndios em todo o território continental devido ao aumento das temperaturas e à diminuição da humidade atmosférica.

Com base em informação do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a ANEPC afirma, em comunicado, que está previsto "para os próximos dias a continuação de tempo quente e seco nas regiões norte e centro, destacando-se valores da temperatura máxima na ordem dos 40º C, a partir de sexta-feira, no interior da região sul e na parte interior do Vale do Tejo, sendo no restante território acima dos 30º C".

Paralelamente, está prevista uma "diminuição gradual da humidade relativa durante as tardes, em especial nas regiões centro e sul, com fraca recuperação noturna" e "vento até 25 km/h do quadrante norte, a rodar para quadrante leste a partir de sexta-feira, soprando em regime de nortada a partir da tarde no litoral oeste e nas terras altas, onde será por vezes até 40 km/h".

A ANEPC alerta que estes fatores climáticos associados promovem o agravamento do risco de incêndio na sexta-feira em grau muito elevado e máximo no Algarve.

O Alto Tejo estará em risco muito elevado e o Alentejo em nível elevado, situação que se prolonga para sábado também para o interior centro e norte.

Com base nestas previsões, a ANEPC alerta para o aumento do número de ocorrências de incêndios rurais e da dificuldade das ações de supressão, especialmente no sul e no interior centro e norte.

Como medidas preventivas, a ANEPC recorda que, de acordo com a lei é proibido fazer queimada extensiva ou de aglomerado sem autorização das autarquias locais.

Nos dias de risco de incêndio muito elevado e máximo é também proibido utilizar fogo para a confeção de alimentos em todo o espaço rural, salvo se usados fora das zonas críticas e nos locais devidamente autorizados para o efeito, bem como fumigar ou desinfestar em apiários, exceto se os fumigadores tiverem dispositivos de retenção de faúlhas, e usar motorroçadoras, corta-matos e destroçadores.

Lusa

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Quem vai ganhar a Taça de Portugal?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas