MADEIRA Meteorologia

Elisa Ferreira diz que processo de demissão de Costa não bateu certo com imagem de país previsível

Data de publicação
09 Julho 2024
11:50

A comissária europeia Elisa Ferreira considerou hoje o processo que levou à demissão de António Costa “causou perplexidade” e foi difícil de explicar na Europa porque “não batia certo” com a imagem de país previsível e estável.

Elisa Ferreira, comissária europeia para Coesão e Reformas, discursou esta manhã na abertura do último dia das jornadas parlamentares do PS, que decorrem em Castelo Branco, tendo defendido que “Portugal é um país muito respeitado” por ser considerado “excelente em termos de diplomacia internacional”.

“Portugal é considerado muito respeitado também por ser um ser um país previsível, um país estável. Às vezes acontecem coisas que são muito difíceis de explicar”, defendeu.

Segundo Elisa Ferreira, “aquilo que aconteceu que levou à demissão do primeiro-ministro António Costa” causou “uma perplexidade que não batia certo com a imagem do país e que foi muito difícil de explicar”.

“Ainda bem que agora estamos noutra fase”, disse.

Para o exemplo da excelência de Portugal em termos de diplomacia internacional, de acordo com a comissária, “basta ver os nomes de Mário Soares, António Guterres e António Costa” que agora irá presidir ao Conselho Europeu.

“E ainda bem que António Costa está lá para nos ajudar a ter uma presença forte das perspetivas europeias que passam por estas realidades do sul e do oeste da Europa”, antecipou.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Há condições para o Orçamento da Região ser aprovado esta semana?

Enviar Resultados

Mais Lidas

Últimas