MADEIRA Meteorologia

Desmantelada rede de tráfico de droga e lenocínio em Viana do Castelo, Braga e Porto

Data de publicação
20 Fevereiro 2024
17:07

A GNR deteve cinco pessoas por suspeita de tráfico de droga e lenocínio nos distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto e apreendeu cocaína no valor de perto de 11 mil euros e quatro armas de fogo.

Contactado pela agência Lusa, a propósito de uma nota de imprensa hoje emitida pelo Comando Territorial da GNR de Viana do Castelo, o capitão Carlos Andrade esclareceu que a maioria dos cinco detidos, três homens com idades entre os 30 e 60 anos e, duas mulheres de 28 e 42 anos, “têm relações familiares e de amizade” e, “a maioria reside no distrito de Braga”.

Segundo o capitão, a investigação começou há cerca de sete meses após uma denúncia anónima relacionada com alegado “tráfico de droga entre os proprietários e os funcionários dentro e fora de uma casa de alterne”, no concelho de Ponte da Barca, distrito de Viana do Castelo.

No decurso da investigação, conduzida pelo Destacamento Territorial da GNR de Arcos de Valdevez, que abrange ainda os concelhos de Paredes de Coura, Ponte da Barca, Ponte de Lima, aquela força policial identificou a “prática do crime de lenocínio”.

Durante a operação policial, na sexta-feira, os militares da GNR deram cumprimento a oito mandados de busca, seis domiciliárias e duas em estabelecimentos comerciais, nos distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto, que culminaram na detenção dos suspeitos, entretanto constituídos arguidos e sujeitos a Termo de Identidade e Residência (TIR).

Além das 870 doses de cocaína, avaliada em perto de 11 mil euros, e de quatro armas de fogo, a GNR apreendeu ainda 40 doses de liamba, no valor de cerca de mil euros, 14.500 euros, um diamante, três peças de ouro, um computador, uma balança de precisão, dois veículos e cinco telemóveis.

“Para a nossa zona de ação é uma quantidade de droga considerável”, afirmou o capitão Carlos Andrade, acrescentando que o grupo já operava “há alguns anos, tendo estado envolvidos noutros processos nos distritos de Viana do Castelo, Braga e Porto”.

Os detidos foram constituídos arguidos e os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Viana do Castelo.

A operação policial contou com o reforço da estrutura de Investigação Criminal (IC) dos Comandos Territoriais da GNR de Viana do Castelo, Braga e Porto e, com o apoio da PSP de Braga e do Porto.

OPINIÃO EM DESTAQUE

88.8 RJM Rádio Jornal da Madeira RÁDIO 88.8 RJM MADEIRA

Ligue-se às Redes RJM 88.8FM

Emissão Online

Em direto

Ouvir Agora
INQUÉRITO / SONDAGEM

Concorda com a mudança regular da hora duas vezes por ano?

Enviar Resultados
RJM PODCASTS

Mais Lidas

Últimas